Notícias

Crie banners de texto no terminal com FIGlet

0

Um programa curioso é o FIGlet. Com esta aplicação é possível criar nossos próprios banners de texto ASCII . Assim, eles podem ser criados de forma atraente e com texto simples. Para criá-los, poderemos usar dois utilitários de linha de comando chamados FIGlet e um similar chamado TOIlet. Crie banners de texto no terminal com FIGlet.

O FIGlet é um utilitário para o terminal, simples de usar e com o qual cria faixas de texto ASCII ou letras grandes. Podemos criar esses banners usando várias fontes, consistindo de letras compostas de conglomerados ASCII menores.

Instalar e usar as ferramentas Figlet e Toilet no Ubuntu

Resultado de imagem para figlet

Para usar as ferramentas FIGlet e TOIlet, devemos instalá-las em nosso sistema usando o gerenciador de pacotes padrão. Então, para isso vamos abrir um terminal (Ctrl + Alt + T) e escrever nele:

sudo apt install figlet toilet

Uso de FIGlet

Uma vez instalado, o modo básico de usar o figlet é fornecer o texto que queremos transformar em um banner ou texto grande. O FIGlet pode ler a mensagem da entrada padrão ou como parte da linha de comando.

Alguns argumentos que podemos usar são:
  • -f para selecionar um tipo de letra.
  • -d para selecionar o diretório de tipografia.
  • -c centraliza o texto de saída.
  • -l alinha o texto para a esquerda.
  • -r alinha o texto à direita.
  • -w especifica um tamanho de saída.
  • -k ativa o kerning, criando cada letra separadamente em vez de mesclar com as adjacentes.

Estabelecer um alinhamento justificado

Se quisermos que a saída seja criada no centro, usaremos o argumento -c. Para isso, vamos abrir um terminal (Ctrl + Alt + T) e escrever nele:

figlet -c sempreupdate.com.br

Fliget banner

Além disso, também podemos usar -l para definir a saída para a esquerda ou -r para colocá-la à direita.

Definir largura de saída

Também poderemos controlar a largura de saída com o argumento -w. A largura padrão é de 80 colunas . Para fazer isso, no mesmo terminal, vamos escrever:

figlet -w 100 largura

Se tivermos um terminal maior, podemos usar toda a largura do nosso terminal com o argumento -t :

figlet -t www.sempreupdate.com.br

Adicione espaço entre os caracteres

Para obter um resultado mais claro , poderemos usar o argumento -k. Com isso, podemos adicionar um pouco de espaço entre os caracteres impressos.

figlet -t -k espaco agregado entre os caracteres

Leia o texto de um arquivo

Em vez de escrever o texto na linha de comando, poderemos ler o texto de um arquivo. Para isso, usaremos a opção -p como mostrado abaixo:

echo “Exemplo de texto para o artigo sobre figlet” > exemplo.txt
figlet -kp < exemplo.txt

Mude a fonte de saída

Se quisermos, poderemos especificar outra fonte para a saída. Para isso, vamos usar o argumento -f. Uma nova fonte é um arquivo .flf ou .tlf que será armazenado em / usr / share / figlet . Podemos consultar as fontes disponíveis escrevendo o seguinte no terminal (Ctrl + Alt + T):

ls /usr/share/figlet/

Após a consulta, podemos usar a fonte que mais gostamos. Para este exemplo, vamos mudar para a fonte banner.flt, escrevendo:

figlet -f banner “Mudança da fonte do banner”

Para saber mais, consulte a página do projeto:

FiGlet

 

Uso do TOIlet

Toilet

O comando TOIlet também é usado para transformar texto em caracteres ASCII . A maneira mais simples de executá-lo é a seguinte:

toilet sempreupdate.com.br

Para mudar para uma fonte específica, usaremos a opção -f . As fontes serão lidas no mesmo diretório de quando usamos o FIGlet.

toilet -f future sempreupdate.com.br

Várias das opções que podemos usar no FIGlet também se aplicam ao TOIlet . Para mais informações, podemos consultar suas páginas de manual correspondentes:

man figlet
man toilet
Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

SUSE Lança Programa Beta para Computação de Alto Desempenho do SUSE Linux Enterprise

Previous article

Chrome OS poderá suportar aplicativos Linux no futuro!

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Notícias