in

D-Wave oferece acesso gratuito a seus computadores quânticos para pesquisadores da COVID-19

A empresa canadense está oferecendo acesso imediato e gratuito a seus computadores quânticos por meio do serviço de nuvem quântica Leap 2.

A empresa D-Wave disse que parceiros e clientes, incluindo a Kyocera Corporation, a NEC Solution Innovators, a Menten AI e a Volkswagen, entre outras, fornecerão acesso a equipes de engenharia para ajudar os pesquisadores da COVID-19 a usar seus computadores quânticos, formular problemas e desenvolver soluções.

D-Wave oferece acesso gratuito a seus computadores quânticos para pesquisadores da COVID-19

A empresa canadense de computação quântica D-Wave Systems está oferecendo a qualquer pessoa que trabalhe com soluções para a crise da COVID-19 acesso imediato e gratuito a seus computadores quânticos por meio do serviço de nuvem quântica Leap 2.

O acesso aos sistemas está disponível para qualquer pessoa que trabalhe com a COVID-19 em 35 países da América do Norte, Europa e Ásia.

D-Wave oferece acesso gratuito a seus computadores quânticos para pesquisadores da COVID-19
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

A D-Wave disse:

O Leap 2 inclui o serviço de solucionador híbrido projetado para trazer recursos clássicos e quânticos para resolver rápida e precisamente problemas altamente complexos com até 10.000 variáveis totalmente conectadas.

Além disso, Alan Baratz, CEO da D-Wave, disse:

Responder com habilidade a essa pandemia requer criatividade e novas abordagens para resolver problemas. Acreditamos que, combinando a experiência de nossos clientes e parceiros com a computação quântica híbrida, podemos trazer um recurso potencialmente poderoso para indivíduos, organizações e governos em todo o mundo, criando soluções de maneira ágil e colaborativa.

Por fim, Baratz disse ao site TechCrunch que o projeto começou a tomar forma há cerca de uma semana e meia atrás. Além disso, o site disse que Baratz reconheceu que não há garantia de que as equipes que terão acesso aos seus sistemas apresentem soluções viáveis. Ele acrescentou:

Mas o que sabemos é que seríamos negligentes se não disponibilizássemos essa ferramenta.

Fonte: Tech Spot

Leia mais:

Estados Unidos coloca supercomputadores do país para combater a COVID-19

Impacto do COVID-19: Cibercriminosos têm como alvo o Zoom e aumentam domínios e documentos maliciosos