in

Deepin 20 está preparando seu próprio assistente de voz

Isto é algo que mais distribuições Linux devem fazer? Confira os detalhes.

Deepin 20 está preparando seu próprio assistente de voz

O Windows chega com a Cortana, o macOS com o Siri no Sierra, para que possamos dizer que os principais rivais do Linux já possuem seu assistente de voz. Esta função é mesmo importante no Linux? Então, o projeto Deepin está implementado seu assistente de voz, com testes na versão 20.

O Deepin é um projeto que cria um ambiente gráfico e um sistema operacional. Não é algo tão antigo quanto o GNOME ou o Plasma (anteriormente KDE), mas eles estão fazendo muitas coisas e apresentando mais do que propostas interessantes.

O último é o seu próprio assistente de voz, um que parece bastante inteligente e que muitas pessoas gostariam de ter algo parecido na sua distribuição Linux.

Detalhes do assistente de voz no Deepin 20

Deepin 20 está preparando seu próprio assistente de voz

No vídeo que você verá logo abaixo, realizado por Jason Evangelho, podemos ver uma demonstração do assistente de voz em que Deepin está trabalhando.

O vídeo é em chinês, mas, graças ao Jason, sabemos que ele mostra um usuário fazendo perguntas e recebendo respostas, tanto por voz quanto por texto.

Aliás, sua operação lembra muito as Cortana do Windows e Siri do macOS, acima mencionados.

Durante o vídeo, também é mostrado que este assistente pode interagir com as configurações do sistema, o que significa que podemos ativar ou desativar as opções usando apenas a voz.

Pois, isso é algo que podemos ver no momento em que você é solicitado a alterar o papel de parede, algo que você faz automaticamente e sem navegar pelas preferências do sistema.

Portanto, veja o vídeo com o teste do assistente de voz no Deepin 20:

A lista do que ele faz no vídeo é a seguinte:

  • Pergunte o que você pode fazer e esclareça;
  • Mude o papel de parede;
  • Alterar o nível de brilho, o que nos faz pensar que ele também funcionará com outros valores, como o volume do áudio;
  • Faça perguntas sobre o mercado de ações. Quando perguntado o que ele pode fazer, ele também menciona que podemos perguntar sobre o tempo;
  • Crie e envie e-mails;
  • Lembre-se do que lhe foi perguntado antes. Há um momento em que ele pergunta como está o tempo em Wuhan, ele responde. O usuário pergunta novamente: “e quanto a Pequim?” Ele também responde.

Contudo, acredito que esta função será bem aceita por muitos usuários Linux.

Particularmente, vejo como uma ideia inovadora no “mundo do pinguim”, mas no momento, esta função é inútil para mim [rs].

Via: LinuxAdictos

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.

ISOs live e instaláveis do Debian 10.2 "Buster" estão disponíveis para download

ISOs live e instaláveis do Debian 10.2 “Buster” estão disponíveis para download

KDE obtém melhorias e frameworks do KDE 6 já são trabalhados

KDE Plasma 5.18 traz melhor integração de aplicativos GTK/GNOME