in

Desenvolvedores de kernel Linux discutem o fim de um monte de CPUs antigas

Veja quais correm o risco de desaparecer do código.

Lançado kernel Linux 5.12-rc6

Com a chegada do Linux 5.10 como a versão mais recente de Long Term Support (LTS) a ser mantida por pelo menos os próximos cinco anos, os desenvolvedores do Linux discutem um assunto importante que é o fim do suporte a várias CPUs antigas. Muitas delas tornaram-se obsoletas dentro do kernel principal e não há razão para manter esse código no kernel. Portanto, é intenção dos desenvolvedores do kernel Linux remover o quanto antes esses códigos já estrapassados.

- Anúncios -

Segundo os desenvolvedores, muitas delas não receberam qualquer commit nos últimos anos. Porém, como sempre ocorre nessas ocasiões, frequentemente há usuários apaixonados que desejam que o suporte seja mantido. Basta saberem que haverá a remoção.

Desenvolvedores de kernel Linux discutem o fim de um monte de CPUs antigas

Desenvolvedores de kernel Linux discutem o fim de um monte de CPUs antigas

O desenvolvedor de kernel, Arnd Bergmann, olhou para as plataformas ARM que poderiam ser removidas seguindo o Linux 5.10 LTS, bem como outras arquiteturas de CPU sem nenhum sinal real de vida. Bergmann propôs remover da árvore do kernel Linux os seguintes alvos ARM:

– ASM9260
– AXXIA
– BCM / Kona
– DigiColor
– Dove
– EFM32
– NSPIRE
– PicoXcell (já programado para remoção)
– PRIMA2
– Spear
– Tango
– U300
– VT8500
– ZX

Para a maioria deles, eles nem viram quaisquer mudanças reais em mais mais de meia década.

Algumas plataformas ARM adicionais que estão sendo consideradas para remoção incluem:

  • CLPS711x;
  • CNS3xxx
  • EP93xx;
  • Footbridge;
  • Gemini;
  • HISI;
  • Highbank;
  • IOP32x;
  • IXP4xx;
  • LPC18xx;
  • LPC32xx;
  • MMP;
  • Moxart;
  • MV78xx0;
  • Nomadik;
  • OXNA;
  • PXA;
  • RPC;
  • SA1100.

Esses alvos ARM ainda estão vendo algum interesse e código. No entanto, se os mantenedores deles concordarem, eles podem ser descartados também.

Algumas plataformas não ARM que também podem ser candidatas à remoção incluem:

H8300
C6X
SPARC / Sun4M
PowerPC / CELL (separado do código do PlayStation 3)
PowerPC / CHRP
o PowerPC / AmigaOne
PowerPC / Maple
M68K para Apollo , HP300, Sun3 e Q40.
MIPS JAZZ
MIPS Cobalt

Além disso, existem algumas plataformas de CPU que são muito antigas e pode ser hora de retirá-las:

  • 80486SX/DX;
  • Alpha 2106x;
  • IA64 Merced (Itanium de primeira geração);
  • MIPS R3000/TX39xx;
  • Modelos PowerPC mais antigos além do 601 original que removeu recentemente.
    SuperH SH-2;
  • 68000/68328 (Dragonball)

Nada foi decidido com firmeza ainda, porém, estas são as últimas discussões. Assim, todo o debate sobre a eliminação do suporte à CPU antiga foi iniciada na sexta-feira no link  Old platforms: bring out your dead.

Phoronix

como-instalar-o-kbruch-um-programa-para-praticar-calculos-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Como instalar o KBruch, um programa para praticar cálculos, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Podcast 37: Saiba as novidades do GNOME 40

Podcast 37: Saiba as novidades do GNOME 40