in

Desenvolvimento do Web Servo Mozilla migra para a Linux Foundation

Mudança ocorre após cortes de custos da Mozilla.

A crise parece que veio para ficar na Mozilla. Desde a onda de demissões em massa da empresa no início deste ano, alguns projetos entraram em risco concreto de desaparecer. Um deles é o Web Servo Mozilla. Pois bem, este conseguiu se salvar graças à ação da Linux Foundation. Assim, Mozilla e a Linux Foundation estão anunciando em conjunto que o desenvolvimento do motor da web Servo agora está sob responsabilidade da Linux Foundation. Por outro lado, como se pode ver no link a seguir, todos os engenheiros que trabalhavam no projeto foram demitidos.

De mal a pior? Mozilla demite todos os engenheiros do renderizador Servo

O código-base escrito em Rust que serviu como um mecanismo da web de “próxima geração” de desenvolvimento da Mozilla agora será desenvolvido sob o guarda-chuva da Linux Foundation. Além da Mozilla, essa mudança tem o apoio de outras partes interessadas da indústria, como Samsung e Let’s Encrypt.

Desenvolvimento de mecanismo da Web Servo Mozilla migra para a Linux FoundationDesenvolvimento do Web Servo Mozilla migra para a Linux Foundation

A Linux Foundation estabeleceu um Comitê de Direção Técnica Servo. Assim, contará com o modelo de colaboração de código aberto para impulsionar seu desenvolvimento.

A Mozilla parece estar efetivamente abrindo mão de conduzir o desenvolvimento do Servo. Aqui está como o novo projeto Servo se descreve:

A missão da Servo é fornecer um mecanismo da web independente, modular e incorporável, que permite aos desenvolvedores entregar conteúdo e aplicativos usando padrões da web.

O Servo é escrito em Rust e compartilha código com o Mozilla Firefox e o ecossistema Rust mais amplo. Desde sua criação em 2012, o Servo contribui para os padrões da web W3C/WHATWG relatando problemas de especificação e enviando novos testes automatizados entre navegadores. Do mesmo modo, os membros da equipe principal coeditaram novos padrões que tiveram a adoção de outros navegadores. Como resultado, o projeto Servo ajuda a impulsionar toda a plataforma da web, ao mesmo tempo que constrói uma plataforma de tecnologias modulares reutilizáveis que implementam padrões da web.

Aqueles que desejam se envolver no novo Projeto Servo hospedado pela LF podem visitar Servo.org. Da mesma forma, a Linux Foundation também falou sobre o assunto nesta postagem.