in

Devuan 3.1 oferece Runit Plus Sysvinit e OpenRC. Siduction Linux OS é relançado após três anos

Distribuição é um fork do Debian.

Devuan 3.1 oferece Runit Plus Sysvinit e OpenRC. Siduction Linux OS é relançado após três anos

Já se passaram seis anos desde o lançamento pré-alfa inicial do Devuan, o fork do Debian que visa fornecer o Debian sem o systemd e focar na independência do sistema init. Então, os desenvolvedores lançaram o Devuan 3.1 que oferece Runit Plus Sysvinit e OpenRC.

O Devuan 3.1 é a versão mais recente deste fork do Debian, embora seja novo oferecendo o Runit como alternativa ao sistema init. Assim, o Devuan 3.1 agora oferece suporte às opções de Runit, SysVinit e OpenRC que podem ser selecionadas durante o processo de instalação do Devuan. O daemon init do Runit também é usado pelo Void Linux, Dragora, antiX e outras plataformas.

Devuan 3.1 oferece Runit Plus Sysvinit, OpenRC e outros recursos

Com Devuan 3.1 também vem a opção agora de usar o bootloader LILO se não quiser usar GRUB. Devuan 3.1 também permite excluir firmware não livre da instalação como parte das opções de “instalação especializada”.

Downloads e mais detalhes sobre o Devuan 3.1 no site do projeto Devuan.org.

Siduction Linux OS baseado em Debian é relançado após três anos

Siduction/Softpedia

Outra distribuição derivada do Debian e que praticamente surge das cinzas depois de três anos é a Siduction Linux. Ela apresenta algumas das melhores e mais recentes tecnologias GNU/Linux e software de código aberto.

Antigamente, o sistema Siduction oferecia lançamentos mensais com componentes atualizados e os patches de segurança mais recentes para aqueles que queriam implantar a distribuição baseada em Debian em novos computadores. Porém, o último lançamento oficial ISO do Siduction Linux foi a versão 2018.3.0, em março de 2018.

Mesmo assim, os desenvolvedores nunca pararam de trabalhar na distro durante esse tempo, apesar de toda a perturbação econômica e social causada pela pandemia do Coronavirus. Portanto, geraram imagens ISO atualizadas para quem queria instalar a distribuição em seus computadores sem ter que baixar centenas de atualizações dos repositórios.

“Quando a pandemia chegou, estávamos nos primeiros preparativos para um novo lançamento”, explicaram os desenvolvedores. Pouco tempo depois, por volta de abril de 2020, Alf (agaida), nosso desenvolvedor líder desapareceu da face da terra e nunca mais se ouviu falar dele.”

Então, hoje, eles anunciam o lançamento do Siduction 2021.1, o primeiro lançamento oficial da distro Linux em 2021 depois de 3 anos. Como você pode imaginar, a equipe teve que atualizar todos os pacotes em todas as versões oficiais para os últimos lançamentos disponíveis.

Características desta versão

Portanto, a versão Siduction 2021.1 tem a última e melhor série de kernel Linux 5.10 LTS, mais precisamente no kernel Linux 5.10.16 com alguns patches específicos para melhor suporte de hardware. Além disso, usa o sistema init systemd 247.3 em sincronia com o repositório de softwares do Debian Sid (instáveis) em 7 de fevereiro de 2021.

Por outro lado, o KDE Plasma continua a ser a edição principal do Siduction. Assim, possui o KDE Plasma 5.20.5 injetado com novos aplicativos do KDE como System Monitor e Kongress. Além disso, a nova versão também vem com o mais recente Xfce 4.16, LXQt 0.16.0, Cinnamon 4.8. 6 e ambientes de desktop LXDE 10 + nmu1.

As edições GNOME e MATE não estão disponíveis com este lançamento. Entretanto, os sabores Xorg e noX receberam atualização para incluir uma nova ferramenta chamada iwd, que é um substituto para wpa_supplicant para ajudá-lo a se conectar a dispositivos sem fio.

O iwd também pode ser usado em todos os outros sabores, autônomo ou dentro do NetworkManager, seguindo as instruções do anúncio de lançamento. Por último, o Siduction 2021.1 vem com um instalador gráfico baseado na estrutura do Calamares. Porém, infelizmente, ele não permite que você cancele o recebimento de pacotes indesejados que não estão em conformidade com as Diretrizes de Software Livre do Debian, como firmware não livre. No entanto, você pode usar o remove-nonfreescript após a instalação para removê-los automaticamente.

Com Phoronix e 9to5 Linux

A cada segundo, 842 chips Arm foram construídos no final de 2020

Engenheiros do Google propõem uma opção de kernel Linux para mitigação de ARM SLS

Operadores de ransomware Egregor presos na Ucrânia

Operadores de ransomware Egregor presos na Ucrânia