DNF5 atrasa e só deve estrear no ano que vem, com o Fedora 41

Portanto, ele não está pronto para o Fedora 39 que sairá este ano.

Claylson Martins
6 minutos de leitura

O projeto de estrear o DNF5 já este ano, no Fedora 39, foi adiado. E o atraso não é pequeno. De acordo com os desenvolvedores, o DNF5 só deve estrear no ano que vem, com o Fedora 41. Este é um projeto que já dura mais de um ano. Desde então, a equipe do Fedora/Red Hat vem planejando grandes mudanças no gerenciamento de pacotes com o DNF5. 

A esperança por meses foi usar o DNF5 por padrão para o Fedora 39, mas isso não vai mais acontecer. A FESCo decidiu rejeitar o DNF5 para o Fedora 39 e, em seguida, devido à ramificação do Red Hat Enterprise Linux 10 com o Fedora 40, isso significa que o DNF5 não sai por padrão até pelo menos o Fedora 41 no final de 2024.

DNF5 atrasa e só deve estrear no ano que vem, com o Fedora 41

Sobre o DNF4, o DNF5 foi promovido por fornecer melhor desempenho e uma experiência de usuário mais agradável. O DNF5 tem sido falado por melhorar consideravelmente a experiência de gerenciamento de pacotes no Fedora e, eventualmente, também no RHEL. 

nO ENTANTO, agora o DNF5 não está pronto para o Fedora 39 e, por sua vez, também significa que o RHEL 10 não verá o DNF5 por padrão. Devido à ramificação do RHEL 10, não se espera que o DNF5 seja o padrão até o ciclo do Fedora 41 para H2’2024.

Entre as peças que faltam recentemente para DNF5 por padrão está o ELN padronizando para DNF 4, vários problemas de configuração, vários subcomandos DNF não sendo implementados em relação a DNF4, certos subcomandos DNF com certas opções não funcionam, alto uso de memória é em vias de resolução e demais itens considerados não prontos.

DNF5 atrasa e só deve estrear no ano que vem, com o Fedora 41

Na reunião da FESCo para o Fedora Engineering and Steering Committee, foi decidido que o DNF5 simplesmente não está pronto para o Fedora 39.

* CONCORDADO: APROVADO(+7,0,-0) A mudança para DNF5 será adiada (provavelmente para Fedora 41, a ser determinado pelos proprietários da mudança) e revertida em Rawhide por enquanto (ou seja, dnf 4 fornecerá /usr /bin/dnf novamente). (estelar, 17:27:21)

DNF5: A evolução do gerenciador de pacotes do Fedora, saiba o que muda

O DNF5 é uma atualização substancial em relação à sua versão anterior, trazendo consigo várias melhorias notáveis. Vamos dar uma olhada em algumas das principais mudanças e compará-las com a versão anterior do DNF:

  1. Performance aprimorada: O DNF5 é significativamente mais rápido em relação à versão anterior. Os tempos de resposta para atualizações e instalações de pacotes foram otimizados, tornando as operações de gerenciamento de pacotes muito mais ágeis e suaves.
  2. Uso eficiente de memória: Uma das principais preocupações ao executar qualquer gerenciador de pacotes é o consumo de memória. O DNF5 foi projetado para ser mais eficiente nesse aspecto, utilizando menos memória durante as operações, o que é especialmente benéfico para sistemas com recursos limitados.
  3. Sintaxe simplificada: O DNF5 apresenta uma sintaxe mais clara e concisa para suas operações. Isso torna a utilização do gerenciador de pacotes mais acessível, especialmente para novos usuários que estão se familiarizando com o Fedora.
  4. Resolução de dependências aprimorada: O DNF5 aprimorou significativamente a resolução de dependências, evitando problemas comuns durante as atualizações ou instalações de pacotes. Isso reduz a possibilidade de conflitos e facilita a manutenção do sistema.
  5. Compatibilidade com plugins existentes: Apesar das várias melhorias e mudanças, o DNF5 foi projetado para garantir compatibilidade com os plugins existentes do DNF. Isso significa que os usuários podem continuar a utilizar suas extensões e personalizações sem problemas.
  6. Interface do usuário melhorada: O DNF5 apresenta uma interface do usuário mais amigável e informativa. As mensagens de erro e feedback fornecidas pelo gerenciador de pacotes são mais claras, tornando mais fácil solucionar problemas quando eles surgem.

Em comparação com a versão anterior do DNF, a versão 5 é um salto significativo em termos de desempenho, eficiência e facilidade de uso. Essas melhorias tornam o gerenciamento de pacotes no Fedora uma experiência mais rápida e agradável.

Para atualizar para o DNF5, os usuários do Fedora podem executar os comandos de atualização padrão, e o sistema fará a transição automaticamente. Como sempre, é recomendado fazer um backup dos dados importantes antes de executar qualquer atualização importante.

Em resumo, o DNF5 no Fedora representa um avanço emocionante na evolução do gerenciador de pacotes deste sistema operacional Linux. Com um desempenho mais rápido, uso eficiente de memória e uma sintaxe simplificada, os usuários têm a garantia de uma experiência ainda melhor ao trabalhar com pacotes e softwares no Fedora. Em breve, como sempre, quando tudo estiver estável, ele deve seguir para o Red Hat Enterprise Linux.

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.