in

Driver de configuração do X.Org desativa Atomic por padrão

Esta é uma melhoria importante mas que está parada.

Driver de configuração do X.Org desativa Atomic por padrão

Embora a configuração de modo atômico já exista há vários anos e forneça uma interface moderna de configuração de forma que possa testar os modos anteriores à operação real e reduzir possíveis oscilações durante eventos de configuração de modo e também ser mais rápida. Assim, o driver xf86-video-modesetting (configuração de modo) desabilitou pelo menos temporariamente o suporte por padrão. Portanto, o driver de configuração do X.Org desativa Atomic por padrão.

Por que o driver de configuração do X.Org desativa Atomic por padrão?Driver de configuração do X.Org desativa Atomic por padrão

No Git X.Org Server 1.21 mais recente e solicitado para voltar ao X.Org Server 1.20, está desativando o suporte atômico por padrão. Isso decorre de uma tela preta ao fazer rotação em um CRTC diferente e outros problemas ao longo do caminho do código atômico para esse driver in-tree. Portanto, por padrão, o driver de modo genérico usará o caminho de código herdado por padrão para evitar atrapalhar os usuários existentes.

A parte ruim é que as melhorias do X.Org Server têm patches disponíveis na lista de discussão, porém, sem nenhuma atividade para revisá-los e mesclá-los. Além disso, não houve nenhum esforço para realmente organizar uma versão do X.Org Server 1.21.

Do desenvolvedor de código aberto Intel, Maarten Lankhorst, que fez a mudança:

As correções para tornar o xserver mais atômico estão pendentes na lista de discussão há anos.

O X.Org Server 1.21 não estará presente nas distribuições Linux deste ano. No entanto, isto é algo que pode se materializar a tempo para o desenvolvimento do Ubuntu 20.04 LTS.

A atividade de desenvolvimento do X.Org Server continuou diminuindo à medida que o suporte ao Wayland no GNOME, KDE e outros compositores continua melhorando, assim como no ecossistema do Wayland em geral.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

deteccoes-de-malware-para-android-aumentaram-12-no-brasil-durante-o-primeiro-semestre-de-2019

Detecções de malware para Android aumentaram 12% no Brasil durante o primeiro semestre de 2019

Telefones Samsung, Huawei, LG e Sony vulneráveis ??a mensagens fraudulentas

Telefones Samsung, Huawei, LG e Sony vulneráveis a mensagens fraudulentas