in

Edge para Linux chegará sem funções que possui no Windows e no macOS

Veja quais são.

Microsoft Edge para Linux já está disponível para download

Recentemente, a Microsoft anunciou que seu navegador Edge finalmente chegaria ao Linux neste mês de outubro de 2020. Para a versão inicial, eles planejam oferecer suporte a Ubuntu, Debian, Fedora e OpenSUSE. Porém, por se tratar justamente de uma versão preliminar, existem algumas funções do Edge que podemos usar no Windows e no macOS que não estarão presentes quando esta primeira versão para Linux chegar. Asim, a estreia do Edge para Linux chegará sem funções que possui no Windows e no macOS.

Edge para Linux não terá sincronização

Edge Linux

Pelo menos inicialmente, o Microsoft Edge para Linux não terá as funções de sincronização ou serviços relacionados. Portanto, não será possível instalá-lo em sua distro favorita e ter imediatamente seus favoritos, histórico e senhas apenas fazendo login com sua conta da Microsoft.

Além disso, o Edge no Linux também não será capaz de usar atualizações diferenciadas. São atualizações que baixam apenas a parte do código que mudou, em vez de um pacote de instalação completamente novo.

E a outra função que não veremos será o leitor imersivo ou a leitura em voz alta. Ou seja, a função do navegador que pode ler o conteúdo de qualquer site. No entanto, a equipe da Microsoft diz que está trabalhando para implementar essas mudanças o mais rápido possível.

O anúncio do navegador ocorreu em setembro, durante o Ignite 2020. No entanto, se você acessar este link do Microsoft Edge Insider vai encontrar pelo menos os ícones por lá. Pelo que se observa, existem já três versões em desenvolvimento: Beta, Dev e Canary.

Navegador Edge para Linux estreia em outubro

Navegador Edge para Linux chegará sem funções que possui no Windows e no macOS. Como podemos instalá-lo?

Edge para Linux chegará sem funções que possui no Windows e no macOS

O software estará no site Microsoft Edge Insider ou de repositórios específicos. Isso permite a instalação do navegador em distribuições Debian e Ubuntu (e derivadas). Entretanto, o suporte para outros sistemas como Fedora e openSUSE virá mais tarde.

A partir do lançamento, a equipe de desenvolvimento do Edge planeja publicar compilações semanais sincronizadas com o canal ‘Dev’ no Windows e Mac. Como o Chromium no qual se baseia não tem um canal ‘Canary’ para Linux, o Edge também não terá. Porém, veremos os tradicionais ‘Beta’ e ‘Estável’.

Quando disponível, você pode baixar os pacotes .deb e .rpm do Microsoft Edge para Linux no site Edge Insider.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.