in

Escassez de chips pode aumentar preço dos smartphones da Xiaomi

Talvez o mercado de smartphones seja afetado antes do que se imaginou

a-xiaomi-esta-supostamente-trabalhando-em-novos-tablets

Infelizmente, no momento, a escassez de placas de vídeo e consoles de jogos gera um impacto muito forte no mercado, sem previsões boas para o segmento nos próximos meses, pelo menos. Não bastasse isso, recentemente houve uma escassez no mercado de chips para o mercado automotivo. No entanto, a coisa continua a ficar ainda mais séria e a escassez de chips começa a atingir o mercado de smartphones, fazendo com que empresas como a Xiaomi talvez aumentem os preços dos seus smartphones em um futuro muito próximo.

- Anúncios -
escassez-de-chips-pode-aumentar-preco-dos-smartphones-da-xiaomi
Imagem: Investing.com

Xiaomi pode aumentar o preço dos smartphones

O presidente da Xiaomi revelou que a escassez global de chips aumenta os custos das empresas, e isso pode levar ao fato de seus produtos subirem de preço. Neste caso, tratava-se dos fabricantes de smartphones e, consequentemente, dos próprios smartphones.

Ele disse em poucas palavras que: “Com toda a honestidade, faremos o nosso melhor para continuar a oferecer aos consumidores o melhor preço que pudermos. Mas às vezes podemos ter que repassar parte do aumento de custo para o consumidor em diferentes ocasiões”. A fala do presidente da Xiaomi revela muito.

Ou seja, a Xiaomi pode muito bem aumentar os preços de seus smartphones em um futuro previsível devido à escassez de componentes. E, apesar de não querermos que os preços aumentem para nós, é totalmente compreensível que a empresa esteja com esse pensamento, considerando que a Xiaomi costuma oferecer seus dispositivos a preços muito baixos, é claro, qualquer aumento no custo dos componentes para ele acaba sendo sensível. Assim, infelizmente o valor deverá ser repassado para o consumidor final.

Aumento geral entre as marcas de smartphone?

No caso de marcas que ganham mais em cada smartphone, a situação pode não ser tão crítica, mas de qualquer forma, não sabemos os detalhes no momento. Além disso, eles poderão querer repassar esses custos também. Talvez as empresas não estejam dispostas a diminuírem seus lucros em prol dos consumidores.

Assim, talvez em um futuro não muito distante, em função dos efeitos da pandemia, teremos que desembolsar ainda mais dinheiro na hora de adquirir um novo smartphone. Esperamos, pelo menos bom senso das empresas no sentido de um aumento justo, sem repassar para os consumidores, ainda em crise, valores incompatíveis, o que não seria tão bom para as empresas também, uma vez que podem não vender o que esperam.

Seja como for, os preços dos smartphones também podem subir este ano. O cenário parece irreversível neste momento e, certamente quem decidir comprar um novo aparelho este ano, terá que pagar um pouco mais do que imaginou.

Com informações de: Gizchina

Written by Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

o-google-lanca-o-android-ready-se-alliance

O Google lança o Android Ready SE Alliance

snapdragon-780g-da-qualcomm-traz-recursos-do-snapdragon-888

Snapdragon 780G da Qualcomm traz recursos do Snapdragon 888