in

Espanha fecha site que vendia IPTV e CCCAM piratas

Prejuízos chegam a quase 12 milhões de euros.

Espanha fecha site que vendia IPTV e CCCAM piratas
Imagem: Reprodução | ZDNET.

Os dois sistemas mais usados para obter conteúdo multimídia de televisão de forma ilegal são IPTV e CCCAM. O primeiro distribui o sinal dos canais ou conteúdo em geral pela Internet, exigindo apenas uma conexão de rede e um aplicativo. Ele pode estar em um PC, celular ou decodificador. O segundo é um sistema para decodificar o sinal do satélite, então, para isso, você precisa de uma antena parabólica, um decodificador especial e uma conexão à Internet. Esses dois sistemas foram comercializados por um site que vendia IPTV e CCCAM piratas na Espanha e que foi fechado em uma grande operação policial contra a pirataria.

Apesar da luta contra a pandemia, o trabalho da chamada Polícia Nacional, equivalente à nossa Polícia Federal, acaba de relatar o fechamento lá do site www.comparcccam.es e toda a infraestrutura por trás dele. Essa rede criminal forneceu ilegalmente serviços audiovisuais e de televisão a pelo menos 15.000 usuários em toda a Espanha.

Espanha fecha site que vendia IPTV e CCCAM piratas

No total, foram sete detidos, entre eles, os líderes em Zamora e Salamanca, um na cidade de Córdoba, três na província de Valência (Puerto de Sagunto e Oliva) e o último na província de Málaga (Benalmádena). Todos eles são supostos autores de crimes contra propriedade intelectual, fraude nas telecomunicações e usurpação do estado civil.

A investigação contra essa organização começou em maio de 2019. Portanto, quase um ano atrás. Tudo começou com uma denúncia apresentada pela Entidade de Gerenciamento de Direitos de Produtores Audiovisuais (EGEDA) na Delegacia de Polícia da Província de Valladolid. A Polícia começou a trabalhar e, após a análise econômica apropriada e inúmeras fiscalizações, conseguiu prender os dois membros principais.

Esta é a operação mais importante desse tipo das realizadas em Castela e Leão e uma das mais importantes realizadas até o momento na Espanha. Com os acusados, a polícia espanhola encontrou sete barras de ouro de 20 gramas cada, quase 11.000 euros em dinheiro, inúmeros equipamentos de informática e telefones celulares, além de documentação de apoio aos crimes investigados.

Além disso, 5.663 usuários foram desconectados e o site www.comparcccam.es foi fechado. Isso foi feito em conjunto com o bloqueio de várias contas de pagamento on-line e serviços bancários on-line. Estima-se que eles deram um prejuízo de 11.830.000 euros para os titulares legítimos dos direitos de emissão desses conteúdos.

Fonte: ADSL Zone

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Vídeo mostra o que seria o Windows 20

Vídeo mostra o que seria o Windows 20

Redmi Note 9 pode ter aparecido online, revelando design e especificações!

Redmi Note 9 pode ter aparecido online, revelando design e especificações!