Android

21/07/2021 às 14:00

6 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Estudo mostra que cada aplicativo Android tem uma média de 39 vulnerabilidades de segurança

E não se trata apenas de jogos, mas de coisas importantes, como aplicativos bancários e de pagamento.

Estudo mostra que cada aplicativo Android  tem uma média de 39 vulnerabilidades de segurança

Ninguém está totalmente seguro na internet. De acordo com um novo estudo do Atlas VPN, mais de 60% dos aplicativos Android contêm vulnerabilidades de segurança. O número médio de bugs por aplicativo totaliza nada menos que 39 vulnerabilidades. Esses números são baseados em dados apresentados pelo Atlas e que estão baseados em um relatório da CyRC. Assim, foram analisados diversos itens como a segurança de componentes de software de código aberto de 3.335 aplicativos móveis gratuitos e pagos na Google Play Store a partir do primeiro trimestre de 2021.


O relatório é uma leitura preocupante, porque destaca os enormes problemas que os usuários do Android enfrentam quando se trata de proteger seus smartphones. E não se trata apenas de aplicativos e jogos gratuitos. Os problemas são generalizados e afetam aplicativos como aplicativos bancários e de pagamento.

Estudo mostra que cada aplicativo Android tem uma média de 39 vulnerabilidades de segurança

Estudo mostra que cada aplicativo Android tem uma média de 39 vulnerabilidades de segurança

Previsivelmente, a categoria dos principais jogos gratuitos foi a pior, onde 96% continham componentes vulneráveis. Logo atrás estão os jogos de maior audiência e os mais pagos.

E alguns desses bugs são antigos.

“Ao todo, 3.137 vulnerabilidades exclusivas foram encontradas no primeiro trimestre de 2021, que apareceram mais de 82.000 vezes em aplicativos Android”, afirma o relatório. “Um total de 73% das vulnerabilidades foram divulgadas pela primeira vez há mais de dois anos. No entanto, elas ainda estavam presentes em aplicativos Android no primeiro trimestre deste ano.”

O perigo está onde menos se espera

Embora seja fácil se concentrar em jogos, aplicativos educacionais, bancários e de produtividade também são um monte de vulnerabilidades perigosas. O que torna tudo pior é que a maioria desses bugs pode ser corrigida, se os desenvolvedores fizerem uma auditoria.

“Os aplicativos educacionais tiveram o maior número de vulnerabilidades exploráveis ??do Android com possíveis correções a partir do primeiro trimestre de 2021 – 43 por cento. Enquanto isso, os aplicativos de produtividade e bancários ocupavam o segundo e o terceiro lugares na lista. Eles continham 41 por cento e 39 por cento de tais vulnerabilidades, respectivamente.”

Isso é um problema? Sim, diz o Atlas VPN, que afirma que “considerando que os aplicativos da Google Play Store foram baixados milhões de vezes, é seguro dizer que eles representam riscos de segurança significativos para os usuários do Android.”

Níveis diferentes de falhas

Nem todas as vulnerabilidades são iguais. Embora alguns possam ser apenas problemas menores que não representam nenhuma ameaça ativa para o usuário, outras vulnerabilidades podem causar sérias repercussões. Vamos nos aprofundar nos diferentes tipos de vulnerabilidades de segurança do Android registradas desde 2018. 

Os aplicativos educacionais tiveram o maior número de vulnerabilidades exploráveis ??do Android, com possíveis correções a partir do primeiro trimestre de 2021 – 43%. Enquanto isso, os aplicativos de produtividade e bancários ocupavam o segundo e o terceiro lugares na lista. Eles continham 41% e 39% dessas vulnerabilidades, respectivamente.

Via ZDNet

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.