SempreUPdate
Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Ex-gerente da Canonical diz que acusações de Stallman são infantis!

Ex-gerente da Canonical diz que acusações de Stallman são infantis!
O ex-gerente da Canonical, Jono Bacon, disse que as acusações de Richard Stallman de que há software “espião” nas novas versões do Ubuntu são “infantis” e visam criar um ar de “medo, incertezas e dúvidas” em torno do produto.
Em um post publicado a um tempo atrás, Bacon demonstrou ter problemas com a alegação de Stallman, que afirmou que a integração controversa do Ubuntu com pesquisas da Amazon colocava em risco à privacidade do usuário e embutia um tipo de “spyware” no produto.

“Queremos que o Ubuntu seja uma plataforma segura, previsível e agradável para todos, independente de opiniões pessoais sobre privacidade. Mas também respeitamos que haverá algumas pessoas que não sentirão que estamos fazendo o suficiente para representar a suas necessidades individuais com relação à privacidade pessoal”, escreveu. Bacon deixou claro que suas declarações não representavam a visão da empresa.

Bacon também acusou Stallman de inflexibilidade ideológica, ao apresentar a postura própria da Canonical sobre privacidade como forma de atender a diferentes grupos de usuários. “Infelizmente, até onde interessa ao Richard, se o Ubuntu não satisfaz as necessidades específicas dele ou da Free Software com relação à privacidade e independente de isso ter trazido a Free Software para milhões de usuários e milhares de organizações, e independente do fato de que você pode não compartilhar do ponto de vista dele, você deve evitar seu uso”, escreveu.
Stallman disse em seu artigo inicial que o Ubuntu não deve ser recomendado por defensores do software livre e deve ser “evitado” em eventos de software livre, argumentando que a integração de pesquisa da Amazon – que inclui itens da varejista online nos resultados de buscas gerais feitas a partir do desktop do Ubuntu – representa uma interferência nos direitos de privacidade do usuário.
A resposta de Bacon inclui elogios a Stallman e à Free Software Foundation (FSF) e os identifica como jogadores importantes na criação da comunidade de software livre.

“Vamos mudar o ponto de vista. Se eu concordo com tudo que a Free Software Foundation faz? Nem um pouco, mas eu acho que sua estrutura de trabalho no geral é fantástica, é algo que vale a pena e fornece um serviço importante e valioso, e eu nunca iria sugerir ao usuários boicotá-los, se eles não concordarem com uma parte do que a FSF faz”, disse Bacon.

[ads-post]

Comentários