in

F5 Networks anuncia aquisição da NGINX

Acordo de US $ 670 Milhões envolve serviços de nuvem da NGINX

A F5 Networks anunciou nesta segunda, 11, que vai adquirir a NGINX, que fornece software de código aberto, por US $670 milhões. O acordo faz parte dos objetivos da F5, de capitalizar a tendência para implementações multi-cloud.

Existem cerca de 374 milhões de sites usando NGINX e 67% de todos os sites com o maior tráfego na internet. A realidade é que, sabendo ou não, você usa o NGINX todos os dias de sua vida quando publica uma foto, assiste a um streaming de vídeo, compra produtos online ou faz login em seus aplicativos no trabalho.

A F5 planeja aprimorar as ofertas atuais da NGINX com as soluções de segurança da F5 e integrará a tecnologia nativa da nuvem F5 com a tecnologia de balanceamento de carga de software da NGINX. Isso deve acelerar o tempo da F5 para o mercado de serviços de aplicativos para aplicativos em contêiners. Enquanto isso, a NGINX se beneficiará da força de vendas global, da infraestrutura de canais e do ecossistema de parceiros da F5.

A aquisição acrescenta  “o poder da inovação em código aberto da NGINX à liderança e ao alcance empresarial da F5”, disse Gus Robertson, CEO da NGINX, em comunicado.

A F5 ganha profundidade com soluções projetadas para DevOps, enquanto a NGINX ganha amplitude com acesso a dezenas de milhares de clientes e parceiros”.

A F5 diz que está comprometida em aumentar o investimento no projeto de código aberto NGINX e em manter a marca NGINX. A próspera comunidade open source da NGINX foi “um dos elementos mais atraentes desta combinação”, disse a F5 em comunicado. A empresa espera que o acordo acelere suas integrações de produtos com os principais projetos de código aberto e aprimore suas parcerias de tecnologia com fornecedores de código aberto.

Assim que o acordo for fechado, Robertson, junto com os fundadores da NGINX, Igor Sysoev e Maxin Konovalov, se juntarão ao F5 e continuarão liderando o NGINX. A F5 manterá operações da NGINX em São Francisco e em outros locais de todo o mundo.

A F5 vem desenvolvendo uma estratégia multi-nuvem mais robusta, com suporte para aplicações em ambientes privados e públicos. A F5 espera que a aquisição aumente o crescimento da receita de software e aumente o mix de receitas de software no ano fiscal de 2019. No ano fiscal de 2021 até o ano fiscal de 2022, espera que o acordo ajude a F5 a atingir seus objetivos de receita média a alta de um dígito e crescimento de ganhos por ação não-GAAP de dois .

Ao trazer a segurança de aplicativos de classe mundial e o rico portfólio de serviços de aplicativos da F5 para melhorar o desempenho, a disponibilidade e o gerenciamento, juntamente com as soluções de gerenciamento de API e de entrega de aplicativos de software líderes do NGINX, credibilidade inigualável e reconhecimento de marca na comunidade DevOps e grande base de usuários de software livre. Nós reduzimos a distância entre o NetOps e o DevOps com serviços de aplicativos consistentes em todo o ambiente multi-cloud de uma empresa, disse o CEO da F5, François Locoh-Donou, em um comunicado

A aquisição foi aprovada pelos conselhos de administração da F5 e da NGINX e deverá ser concluída no segundo trimestre de 2019.

*Com informações de ZDNet e Nginx

Written by Samuel Barbosa

É servidor público na Rede Federal de Educação, Técnico em Informática e graduando no curso de superior de tecnologia em Sistemas para Internet, amante de violão, guitarras e software livre.

World Wide Web completa 30 anos e relança primeiro navegador

World Wide Web completa 30 anos e relança primeiro navegador

Microsoft anuncia oficialmente o DTrace para Windows

Microsoft rumo ao código aberto: DTrace para Windows