in

FBI apreende 15 sites de DDoS para locação

FBI apreende 15 sites de DDoS para locação

O departamento de justiça dos Estados Unidos, anunciou que o FBI apreendeu domínios de 15 sites “DDoS-para-contratar”  e acusou três indivíduos de executarem alguns desses serviços. Confira os detalhes no post FBI apreende 15 sites de DDoS para locação.

Quais serviços?

Os serviços de aluguel de DDoS são identificados e ou conhecidos como “Booter” ou “Stresser”. Eles alugam o serviço a uma rede de dispositivos afetados, que podem ser infectados por qualquer pessoa, até mesmo pelo indivíduo menos experiente em tecnologia, para iniciar a negação de serviço distribuída (DDoS). Assim, eles atacam contra qualquer site e interrompendo o acesso.

Nos últimos anos, vários grupos de hackers/crackers arruinaram o dia de Natal para milhões de jogadores derrubando redes da PlayStation e redes do Xbox, além de outros servidores de jogos. Eles usando justamente ataques DDoS em massa.

Serviços de Booter como mencionados nesta ação, supostamente causam ataques a um grande número de vítimas EUA e no exterior, incluindo ataques a instituições financeiras, universidades, provedoras de serviços de internet, sistemas governamentais e várias plataformas de jogos, disse ao DoJ.

Então é Natal

A ação contra os serviços de DDoS vêm na semana anterior ao feriado de Natal, um período historicamente atormentado por ataques DDoS no mundo dos jogos.

Em abril, deste ano,  a polícia holandesa retirou o maior serviço de contratação de DDoS do mundo, conhecido como “WebStresser“. Assim, esse serviço ajudou criminosos cibernéticos a lançar mais de 4 milhões de ataques. Além disso, os administradores foram presos.

Os 15 domínios booter que vendiam acesso a ataques DDoS sob o disfarce de serviços da rede e apreendidos pelo FBI incluem:
  • critical-boot.com
  • ragebooter.com
  • anonsecurityteam.com
  • downthem.org
  • quantumstress.net
  • booter.ninja
  • bullstresser.net
  • defcon.pro
  • str3ssed.me
  • defianceprotocol.com
  • layer7-stresser.xyz
  • netstress.org
  • request.rip
  • torsecurityteam.org
  • Vbooter.org

Em 12 de Dezembro, a Procuradoria dos EUA também acusou David Bukoski, 23, da Pensilvânia, de operar a Quantum Stresser – um dos serviços DDoS mais antigos em operação. Ele possui nada menos que 80.000 assinantes como clientes desde 29 de Novembro de 2012.

Apenas em 2018, o Quantum Stresser foi usado para lançar mais de 50.000 ataques DDoS “reais ou tentados” contra vítimas em todo mundo.

Serviços de contratar DDoS como estes representam uma ameaça nacional significativa, disse Bryan Schroder, advogado dos EUA.

Investigações e processos coordenados como esses demonstram a importância da colaboração entre distritos e coordenação com parceiros do setor público.

Além das apreensões de 15 serviços de booter, o FBI também apresentou queixas criminais contra dois supostos cibercriminosos: Matthew Gatrel, 30, e Juan Martinez, 25.  Igualmente, eles são suspeitos de filiação aos serviços de contratar DDoS conhecidos como ‘Downthem‘ e ‘ Ampnode.
Do mesmo modo, entre outubro de 2014 e novembro de 2018, a Downthem tinha mais de 2000 assinaturas de clientes e foi usada para “conduzir ou tentar conduzir mais de 200.000 ataques DDoS”, segundo o FBI.
Os servidores de repressão recentes são um aviso. Não apenas para outros possíveis revendedores de DDoS, mas também para usuários que alugam esses serviços. Portanto, o FBI alerta que buscará a ação de qualquer pessoa que pague por esses serviços.

 

Written by Fábio Trentino

Formado em Gestão em Tecnologia da Informação.
Entusiasta por projetos FOSS e por Cybersegurança.

Cai uso do Steam no Linux

Valve publica uma nova versão beta do Proton 3.16.6

como-aumentar-rank-do-seu-site-no-google

Como aumentar rank do seu site no Google