in

FBI quer que as pessoas abandonem as senhas

O truque é usar palavras não relacionadas que possam ser combinadas em algo que você possa visualizar.

FBI quer que as pessoas abandonem as senhas
Imagem: Reprodução | Fudzilla.

Um relatório do FBI Portland Tech disse a seus leitores para parar de usar senhas e mudar para passphrases (ou frases secretas).

O FBI quer que as pessoas parem de usar aquelas simples e fáceis de lembrar, que também são fáceis de adivinhar ou quebrar, e combinações ainda mais complexas de números e caracteres especiais que são muito mais difíceis de lembrar.

O relatório diz:

O tamanho da senha é muito mais importante que a complexidade da senha e, em vez de usar senhas mais curtas e mais complexas, você deve considerar o uso de uma senha longa.

FBI quer que as pessoas abandonem as senhas
Uma frase secreta como uma alternativa melhor a uma senha complexa não é exatamente um novo conceito de segurança. Imagem: Reprodução | Fossbytes.

FBI quer que as pessoas abandonem as senhas

Uma frase secreta como uma alternativa melhor a uma senha complexa não é exatamente um novo conceito de segurança, mas continua sendo uma boa e é bom ver o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) e o FBI recomendando isso.

Eles dizem:

O comprimento extra de uma frase secreta dificulta a quebra, além de facilitar a lembrança.

Portanto, embora ff_gdgaSi0323s seja certamente difícil para um suposto invasor adivinhar ou quebrar usando métodos de ataque de força bruta, é horrível de lembrar.

No entanto, CabeloLoiroRebocadoeFantastico tem quase o mesmo número de caracteres, mas é muito menos complexo e muito mais fácil de visualizar e, assim, recuperar. Além disso, é importante ressaltar que esse método é difícil para os criminosos decifrar. O truque é usar palavras não relacionadas que possam ser combinadas em algo que você possa visualizar, em vez de palavras relacionadas que possam ser adivinhadas como uma frase. O FBI recomenda o uso de frases secretas com pelo menos 15 caracteres.

Fonte: Fudzilla

Leia também:

Programa do FBI ajuda empresas a distrair hackers com ‘dados enganosos’

Conheça CSI Linux: uma distribuição Linux para investigação cibernética

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.