in

Fedora 34 KDE Spin planeja mudança para Wayland

Mudança é esperada para o início de 2021.

Fedora 34 deve ficar mais lento para aumentar ainda mais a segurança

Há pelo menos quatro anos, desde o Fedora 25, o ambiente de área de trabalho principal da distro na versão WorkStation tem sido o GNOME Shell. Além disso, tem usado o Wayland por padrão. No entanto, no início do próximo ano, com a chegada do Fedora 34, o KDE Spin está finalmente planejando uma migração semelhante para usar o Wayland por padrão com o desktop KDE Plasma.
O suporte do Wayland com o Plasma e componentes do KDE relacionados melhorou nos últimos tempos. Muitos bugs corrigidos e outras melhorias, agora que eles têm uma ideia do Wayland para o X11. No início de 2021 com o Fedora 34, o plano é mudar de uma sessão baseada em X.Org por padrão para o Fedora KDE Spin para agora usar a sessão moderna do Wayland.

O Wayland tem sido o padrão para a estação de trabalho Fedora (que usa GNOME) desde o Fedora 25. E embora fosse um tanto imaturo inicialmente, hoje é uma experiência muito sólida em virtualmente tudo em que a estação de trabalho Fedora roda. A mudança no Fedora 25 deu o pontapé inicial para que tudo funcionasse no Wayland, e a equipe da Workstation teve muito sucesso. O Firefox também possui o Wayland por padrão desde o Fedora 31.

Em relação ao KDE, um trabalho sério de suporte ao Wayland começou logo depois que o GNOME mudou para o Wayland por padrão. Ao contrário do GNOME, o KDE tem uma pilha muito mais ampla em seu kit de ferramentas. Com o lançamento do Plasma 5.20, o protocolo Wayland para screencasting, bem como a colagem do botão do meio finalmenteterão suporte, completando o conjunto de recursos necessário para mudar para o Wayland por padrão.

Fedora 34 KDE Spin planeja mudança para Wayland

Fedora 34 KDE Spin planeja mudança para Wayland

Com o KDE Plasma 5.20, o ambiente de desktop KDE Plasma atingiu um ponto em que quase todos os recursos comumente usados no desktop e todos os principais aplicativos funcionam no ambiente Plasma Wayland em todas as GPUs principais (incluindo NVIDIA com o driver proprietário).

A partir do Plasma 5.20 no Fedora 34, mudaremos a configuração padrão para as sessões Wayland e X11 Plasma. Assim, o Wayland estará por padrão. Isso permitirá que a sessão X11 seja como a opção de ambiente de desktop alternativa, diz o comunicado da distribuição.

proposta de mudança para o Grupo de Interesse Especial do Fedora KDE é sobre a mudança da sessão padrão com o gerenciador de exibição SDDM para preferir o desktop KDE Plasma baseado no Wayland em vez da sessão X11.

Provavelmente, a mudança terá aprovação, exceto se surgirem quaisquer questões importantes nos próximos meses.