in

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta

Ela serve para gerenciamento de tarefas do Linux.

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta

A clássica ferramenta de gerenciamento de tarefas Getting Things GNOME está sendo retomada após 6 anos completamente abandonada. Depois do sucesso das novas versões do GNOME que é usado por padrão no novo Ubuntu 20.04 LTS e no Fedora WorkStation, um desenvolvedor resolveu retomar o antigo projeto que estava completamente esquecido. Conheça a ferramenta Getting Things GNOME que está de volta.

O GNOME Getting Things, ou simplesmente GTG, é construído com base na metodologia Getting Things Done (GTD). É um recurso interessante que permite concluir tarefas e itens de trabalho em pedaços pequenos e funcionais.

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta. Mas o que é GTD?

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta

O vídeo a seguir é do principal desenvolvedor do GTD e mostra, em inglês, os principais pontos do projeto em andamento:

O GTG era um aplicativo para desktops Linux até 11/10/2009 voltado para ajudar na forma de organizar e trabalhar no desktop por meio do gerenciamento de tarefas. Sem modismos, temporizadores chamativos e conceitos abstratos. Tinha apenas um foco concreto em ordenar suas tarefas e executá-las da forma que precisam ser feitas.

Usando o GTD, você executa uma tarefa (por exemplo, “escrever uma postagem no blog”) e a divide em subtarefas individuais e acionáveis ??(por exemplo, “escolhe um título”, “captura de tela”, “escreve uma introdução”, “cria uma miniatura”). Você pode organizar e filtrar as subtarefas usando tags e datas de vencimento (que podem ser tão específicas ou inespecíficas quanto necessário).

Seis anos depois…

Seis anos após seu último lançamento estável, o aplicativo de gerenciamento de tarefas para Linux está se preparando para a retomada. Foi reconstruído usando o GTK3 e o Python 3 e possui uma barra de cabeçalho do GTK (também conhecida como CSD) para garantir que ele se encaixe perfeitamente nos desktops Linux modernos, como este vídeo detalha:

Se você estiver interessado em usar o GTG antes de seu próximo lançamento estável, poderá seguir em frente e compilar o código. Você encontrará detalhes na página do projeto GitHub:

Veja GTG no GitHub

O GTG não é um bloco de anotações para pensamentos, mas um canal de gerenciamento de tarefas completo. Isso facilita a organização e a delegação de tarefas em itens acionáveis ??e facilita a execução desses itens.

O Ubuntu envia o To Do (o aplicativo de gerenciamento de tarefas do GNOME) por padrão e, por mais competente que seja, há algo de errado. Resta saber se este aplicativo pode se reconectar com os usuários como já ocorreu no passado.

OMG Ubuntu