in

Google Chrome começará a bloquear anúncios que utilizam muitos recursos

Para determinar limites, o Google disse que mediu os anúncios que o Chrome vê.

Os bugs de segurança do Chrome são problemas de segurança de memória

O Google Chrome está fazendo mais para bloquear anúncios que utilizam muitos recursos e podem prejudicar a experiência geral do usuário.

Assim, o gigante das pesquisas disse que está experimentando definir limites para os recursos que um anúncio pode usar; dessa forma, caso exceda um limite específico, o anúncio será descarregado e o usuário verá uma mensagem de erro.

Google Chrome começará a bloquear anúncios que utilizam muitos recursos

A princípio, anúncios pesados podem reduzir o desempenho do sistema e ter um impacto negativo na duração da bateria e na largura de banda.

O Google considera um anúncio muito “pesado” se o usuário não interagir com ele + atender a um dos seguintes critérios:

  • Usa o thread principal da CPU por mais de 15 segundos em qualquer janela de 30 segundos
  • Usa o thread principal da CPU por mais de 60 segundos no total
  • Utiliza mais de 4 MB de largura de banda de rede

Para determinar esses limites, o Google disse que mediu os anúncios que o Chrome vê e direcionou os violadores mais flagrantes – “aqueles que usam mais largura de banda da CPU ou da rede do que 99,99% de todos os anúncios detectados”.

Google Chrome começará a bloquear anúncios que utilizam muitos recursos
Anúncios pesados podem reduzir o desempenho do sistema e ter um impacto negativo na duração da bateria e na largura de banda. Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Apenas 0,3% dos anúncios violam esses limites atualmente.

Por fim, o Google disse que espera transformar a nova funcionalidade em um lançamento estável até o final de agosto. Mais informações sobre os aspectos técnicos da implementação podem ser encontradas no portal do desenvolvedor do Google.

Fonte: Tech Spot

Leia mais:

O Google está testando como tornar os anúncios mais sorrateiros nos resultados de pesquisa

França multa Google em € 150 milhões por abusar de anúncios

O Google usará Inteligência Artificial para otimizar a frequência com que os usuários veem anúncios

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta

Ferramenta Getting Things GNOME está de volta

Facebook compra Giphy por US$ 400 milhões e integra serviço ao Instagram

Facebook compra Giphy por US$ 400 milhões e integra serviço ao Instagram