in

Flatpak 1.3.2 liberado

As alterações aumentam a segurança e confiabilidade dos Flatpaks.

Flatpak 1.4 lançado

Alexander Larsson, da Red Hat, lançou o Flatpak 1.3.2 como o mais novo lançamento de desenvolvimento para essa tecnologia amplamente utilizada de “sandboxing”/distribuição de aplicativos Linux. O Flatpak 1.3.2 se baseia na versão instável do Flatpak 1.3 do mês passado, com mais alterações básicas para aumentar a segurança e a confiabilidade dos Flatpaks.

As mudanças

Uma grande mudança foi feita com o Flatpak 1.3.2. Assim, as alterações afetam como as instalações de todo o sistema são feitas como usuário. Até agora, o Flatpak dependia de um processo que envolvia um diretório temporário pertencente ao usuário e copiava de lá. No entanto, esse método envolvia E/S desnecessária e utilizava temporariamente mais espaço em disco.

Detalhando o Flatpak 1.3.2:

Um sistema de arquivos FUSE personalizado é usado para gravar dados do usuário. Além disso, os arquivos podem ser importados diretamente para o repositório do sistema sem nenhuma operação de cópia extra. Porém, devido a isso, o Flatpak agora depende do FUSE (File-Systems no User-Space) e também requer um usuário “flatpak” no sistema, além de garantir que o SELinux não interfira no processo.

O Flatpak 1.3.2 também suporta:

  • a finalização de uma nova versão;
  • nova permissão para acessar cartões inteligentes;
  • novos campos para arquivos de repositório Flatpak e outras alterações.

Mais detalhes sobre o lançamento do desenvolvimento Flatpak 1.3.2 via GitHub do Flatpak. Essas mudanças culminarão com a versão estável do Flatpak 1.4 no final deste ano.

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Reino Unido vai extraditar Julian Assange para os EUA

WikiLeaks libera novos documentos após prisão de Assange

Como instalar o QupZilla no openSUSE, SUSE e derivados!