in

Fosshost é um provedor de hospedagem gratuito para projetos FOSS

Um dos critérios para ser aceito é usar Linux ou FreeBSD.

Fosshost é um provedor de hospedagem gratuito para projetos FOSS

Se você tem projetos FOSS e precisa de um local seguro e gratuito para armazená-los, seus problemas acabaram. A equipe do site 9to5 Linux descobriu um novo projeto que considera bem promissor. O chamado Fosshost nada mais é que um provedor de hospedagem gratuito para projetos FOSS

Como o próprio nome sugere, o Fosshost é um provedor de hospedagem sem fins lucrativos para projetos FOSS (Software Livre e de Código Aberto). No entanto, o grande destaque dele é o uso gratuito. Isso mesmo, o projeto, que é tocado por um grupo de entusiastas do software livre e de código aberto, é totalmente grátis.

Assim, a hospedagem Fosshost está tentando ajudar a comunidade de software livre e de código aberto. Especialmente projetos que não podem pagar por hospedagem, com servidores privados virtuais semi-dedicados, espelhos compartilhados, armazenamento e até mesmo registro de domínio.

Conheça um pouco mais o Fosshost, que é um provedor de hospedagem gratuito para projetos FOSS

Fosshost é um provedor de hospedagem gratuito para projetos FOSS
Imagem: Reprodução | Fossbytes.

Por outro lado, há vários projetos FOSS que já se beneficiam dos serviços de hospedagem da Fosshost. Sendo assim, entre eles estão o The GNOME Project, Xubuntu, The Xfce Desktop, Manjaro, Xiph.Org Foundation (Icecast, Opus, Speex), ActivityPub (W3) e muitos outros. Se você tem um projeto FOSS ativo e totalmente de código aberto, e precisa de um site ou um espelho de download, o Fosshost é o lugar ideal para você. Eles fornecerão serviços de hospedagem de qualidade e profissional.

Seu projeto nem precisa ser muito popular se for elegível para hospedagem gratuita, pois o Fosshost também suporta startups.

Prestamos serviços para iniciar projetos bem estabelecidos e acreditamos em fornecer a melhor infraestrutura da categoria, um sonho que muitos projetos pensavam que simplesmente não era possível, diz o Fosshost.

Características técnicas do serviço

A Fosshost fornecerá a cada projeto FOSS elegível um servidor virtual privado que possui 4 vCPUs, 4 GB de RAM, 200 GB de armazenamento, conectividade IPv4 e IPv6, além de acesso SSH remoto completo. As distribuições suportadas do GNU/Linux incluem Arch Linux, CentOS Linux, Debian, Fedora Linux, Gentoo, Ubuntu e até o FreeBSD. No entanto, o Fosshost também permitirá que você traga seu próprio sistema operacional, que pode ser qualquer coisa, menos o Windows.

Para se inscrever nos serviços de hospedagem da Fosshost ou descobrir mais detalhes sobre o que eles oferecem e como ajudam a comunidade de software livre e de código aberto, visite o site do projeto. Eles possuem, ainda, uma lista de discussão que pode ser acessada neste link: https://discuss.fossho.st

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.