No mês passado, informamos que a gigante do software Microsoft havia comprado a GitHub Inc. por US $ 7,5 bilhões em um acordo de ações, que foi significativamente maior do que suas estimativas iniciais de US $ 2 bilhões, quando foi valorizado pela última vez em 2015. A aquisição do GitHub pela Microsoft não foi aceita de bom grado pela comunidade global de desenvolvedores, muitos programadores começaram a migrar para repositórios equivalentes como o GitLab e o BitBucket após o anúncio.

Para quem não sabe, o GitHub é um serviço de hospedagem baseado na web para projetos de desenvolvimento de software que permite aos desenvolvedores usar as ferramentas da empresa privada para armazenar códigos, alterar, adaptar e melhorar o software de seus repositórios públicos gratuitamente. Possui mais de 23 milhões de usuários individuais em mais de 1,5 milhão de organizações. Apple, Amazon, Facebook, Google e muitas outras grandes empresas de tecnologia usam o GitHub. Com essa alteração não sabemos ao certo quantos usuários ou empresa deixaram o mais novo serviço da Microsoft.

Embora a Microsoft tenha prometido que o GitHub continuará operando de forma independente e continuará sendo uma plataforma aberta, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, disse que aumentará seu foco no atendimento a desenvolvedores de software, independentemente de estarem ou não programando para o Microsoft Windows.

No momento em que a Microsoft estava ocupada anunciando sua aquisição, um desenvolvedor chamado Alexander Prokhorov, que também é conhecido no GitHub com o nome de Athari , fez um mock-up de uma página do GitHub no estilo Windows 95 e postou no Twitter em 4 de junho de 2018.

GitHub recebe uma reformulação moderna do clássico Windows 9x

Apelidado de “GitHub Windows Edition”, o estilo transforma a interface do GitHub claramente inspirada no Windows 95 ou 98. O projeto converte as páginas do GitHub em uma GUI (interface gráfica do usuário) semelhante ao Windows 9x e suporta todos os navegadores modernos com botões, tags e separadores, agrupamentos, caixas de edição, list boxes, tooltips e windows. Além disso, os retângulos de foco, os estilos de seleção de texto e outros elementos são ajustados sempre que possível. Enquanto alguns ícones foram alterados para ícones a partir do Windows 9x, algumas UI foram transformadas, por exemplo, as estatísticas do repositório são exibidas como uma caixa de lista de shell e várias caixas de grupo foram nomeadas.

O GUI pode ser usado em combinação com os navegadores habituais, diz Prokhorov. No entanto, o estilo do usuário funciona melhor com o Chrome e o Firefox, usados ??em combinação com as extensões Stylus ou Stylish.

Se você deseja saber mais sobre como instalar o GitHub Windows Edition, confira através do botão abaixo.

Github Windows Edition

ArcoLinux e mais 3 distribuições têm nova versão

Previous article

Lubuntu 18.10 deve suportar PCs de 32 bits

Next article

You may also like

More in Artigos