Gnome Classic retorna na versão 3.30

A versão 3.30 do Gnome trará de volta os ícones na área de trabalho. Além disso, virá mais integrado ao Nautilus e com suporte a Wayland. As confirmações foram postadas pelo desenvolvedor do GNOME, Carlos Soriano. Ele anunciou que o próximo ambiente de desktop GNOME 3.30 está trazendo de volta o amado modo GNOME Classic, que permite aos usuários usar ícones da área de trabalho. Portanto, o Gnome Classic está de volta na versão 3.30.

 

Recurso foi removido este ano

No início deste ano, os desenvolvedores do GNOME decidiram remover a capacidade do gerenciador de arquivos Nautilus (Files) de manipular ícones da área de trabalho. Esta novidade não foi muito bem aceita pelos usuários e chegou com o GNOME 3.28. No entanto, os desenvolvedores prometeram trazê-lo de volta o mais rápido possível. A retirada vai na contramão de outros sistemas operacionais, inclusive outros ambientes de trabalho baseados em GNU/Linux.

Integração com Nautilus

Gnome Classic retorna na versão 3.30

Com o ambiente de desktop GNOME 3.30 prestes a ser lançado, os desenvolvedores estão trazendo de volta os ícones da área de trabalho. A promessa é de melhorias e maior integração com o gerenciador de arquivos Nautilus. Além disso, haverá suportes ao Wayland  e multi-monitor.

Para o Fedora e o RHEL tivemos uma opção chamada desktop clássico, onde os ícones da área de trabalho e algumas extensões do shell eram ativadas. É importante trazer para esses usuários uma opção que funciona melhor do que a usada com o Nautilus, disse Carlos Soriano.

Naturalmente, a nova implementação de ícones da área de trabalho do GNOME permitirá que os usuários aproveitem o funcionamento padrão de arquivos. Portanto, isso inclui abri-los, executá-los na área de trabalho, arrastar e soltar para reordenar ícones. Outras funções são cortar e copiar arquivos; e adicionar atalhos. Também voltará a ser possível desfazer e refazer as operações de arquivo. A Rubber banding selection também estará disponível.

Gnome Classic retorna na versão 3.30

Ficou curioso e quer experimentar sem ter de esperar até setembro? Para isso, basta instalar a versão mais recente do Nautilus usando o Flatpak a partir do GNOME Shell 3.28. Em seguida, instalar a extensão de ícones da área de trabalho .

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como instalar o AnyDesk no Ubuntu, Debian, Fedora e openSUSE

Previous article

Bodhi Linux e Freespire têm novas versões

Next article

You may also like

More in Notícias