in

Google Chrome vai bloquear downloads automáticos em anúncios

A medida vai evitar o download de arquivos indesejados que são baixados sem a permissão do usuário.

Lançado o Google Chrome 75 com 42 correções de segurança

O Google planeja adicionar um recurso ao Chrome que impedirá os downloads iniciados a partir dos espaços de publicidade em um site. Esse recurso bloqueia o drive-by-downloads através de quadros de anúncios que não possuem permissão do usuário.

Bloquear o download em quadros de anúncios sem o gesto do usuário tornará a web menos abusiva e mais segura, disseram os desenvolvedores do Google em uma página de status do navegador Google Chrome.

Ainda segundo eles, o download não faz muito sentido com anúncios. Isso acontece muito raramente na prática e também é difícil de reproduzir, o que implica que uma quantidade muito pequena de anúncios está fazendo downloads automáticos.

Documentação

O Google também publicou um documento oficial que descreve um “quadro de anúncios” como um “iframe marcado como anúncio pela infra-estrutura de detecção de anúncios do Chromium AdTagging“. Em outras palavras, qualquer iframe que o Google considere um anúncio.

Esse recurso não apenas evita downloads indesejados, mas também melhora a segurança dos usuários do Google Chrome. Ele bloqueia o drive-by-downloads, que também pode ser mal-intencionado.

É importante destacar um detalhes. Este recurso de segurança funciona apenas em situações em que os usuários não interagem com os quadros de anúncios. Caso um usuário clique ou deslize sobre um arquivo de anúncio, o Chrome permitirá que o quadro inicie o download.

Será permitido que os anúncios mostrem os botões “download” ou “clique aqui”. Além disso, sempre que o Chrome bloquear o download automático de um arquivo, não haverá avisos visíveis no navegador.

E para o iOS, nada?

O Google adicionará esse recurso a todas as versões do Chrome. Porém, a única exceção será para iOS. Isto porque o sistma não é baseado no mecanismo do Chromium e funciona no WebKit (mecanismo do Safari).

Embora o Google não tenha colocado uma data no recurso anunciado recentemente, espera-se que chegue este ano.

Ultimamente, o Google vem tomando medidas sérias para lidar com o problema da ameaça de drive-by-downloads.

E esse é o segundo recurso de segurança anunciado pela empresa. Todos são para interromper downloads no navegador que ocorre sem o conhecimento do usuário.

No início deste ano, o Google anunciou que o Chrome também bloquearia downloads automáticos de arquivos através de iframes em sandbox – um iframe HTML usado para exibir anúncios, mas que também pode ser explorado por malware nos computadores dos usuários.

Páginas do Google Chrome Lite são agora mais seguras e mais rápidas

O Google Chrome implementou um novo recurso que poupa dados e ajuda a carregar páginas mais rápido quando há baixa conectividade de rede em dispositivos Android. Além disso, as páginas do Chrome Lite agora funcionam com sites seguros, além dos regulares.

O Chrome agora otimiza as páginas HTTPS exibindo um indicador “Lite” na barra de URL, de maneira muito parecida com as páginas HTTP quando há uma baixa rede de internet. Os usuários também terão a opção de mudar para a versão original da página da web.

Além disso, as páginas Lite serão desativadas automaticamente quando os usuários optarem pela versão original, em vez da versão mais leve das páginas da Web.

páginas de cromo lite

Ao otimizar as páginas seguras, apenas a URL é compartilhado com o Google, e informações como cookies, informações de login e conteúdo de página personalizado permanecem não compartilhadas.

Vale ressaltar que as otimizações são adicionadas às páginas em vários critérios, como quando a rede é extremamente fraca (2G ou 2G lenta), e os usuários lutam para carregar as páginas ou quando o tempo de carregamento excede cinco segundos.

O modo Economia de dados do Google Chrome carrega o conteúdo até duas vezes mais rápido em condições de internet precárias e reduz os dados em até 90%. Pode ser ativado, indo para o menu de configurações no Android.

No entanto, o recurso não é aplicável para proteger páginas quando acessadas pela versão de desktop do Chrome.

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

kde-plasma-5-15-chega-ao-fim-da-vida

KDE Plasma 5.15.3 tem melhorias no flatpak

Chrome 73 chega com novidades para Linux

Chrome 73 chega com novidades para Linux