in

GraphicsMagick, um software para processar imagens via terminal

Aplicativo está disponível para Linux, MacOS e Windows.

Graphicmagic logo

Um dos programas mais interessantes para processamento de imagens é o GraphicsMagick. Ele é um pacote de software gratuito, moderno e de código aberto para processar imagens. Inicialmente, foi derivado do ImageMagick. No entanto, ao longo dos anos, tornou-se um projeto completamente independente. Assim, ele traz uma série de melhorias e recursos adicionais. Então, conheça mais sobre o processador de imagens GraphicsMagick, um software para processar imagens via terminal.

Graphicmagic captura de tela

Uma das maiores vantagens, é que ele pode ser executado no Gnu/Linux, MacOS e Windows. Assim, ele é multiplataforma. O GraphicsMagick pode criar novas imagens rapidamente, tornando-o adequado para a criação de aplicativos da Web dinâmicos. Porém, as vantagens não param por aí. Assim, ele também pode ser usado para redimensionar, girar, focar, reduzir cores ou adicionar efeitos especiais a uma imagem e salvar o resultado no mesmo ou em um formato de imagem diferente.

As operações de processamento de imagem estão disponíveis na linha de comando. Ele fornece uma variedade útil e eficiente deferramentas e bibliotecas. Então, elas que permitem que você possa ler, escrever e manipular imagens em mais de 88 populares formatos. Assim, por exemplo, GIF, JPEG, JPEG-2000, PNG, PDF, PNM e TIFF etc. É importante observar que você pode criar uma animação GIF a partir de várias imagens .

Instalar GraphicsMagick nos sistemas Ubuntu, Debian e derivados

No Debian e derivados, como Ubuntu e Linux Mint, poderemos instalá-lo usando o gerenciador de pacotes APT, como mostrado abaixo. Assim, basta apenas abrir um terminal (Ctrl + Alt + T) e escrever nele:

sudo apt update && sudo apt install graphicsmagick

Verifique a instalação do GraphicsMagick

Para acessar as funções do GraphicsMagick, é usado o comando gm. Esta ferramenta de linha de comando oferece vários subcomandos. Assim como exibir, animar, montar, comparar, identificar, compor e muitas outras possibilidades, para acessar as funções reais.

Para confirmar que o pacote GraphicsMagick foi instalado em nosso sistema , executaremos o seguinte comando no mesmo terminal:

gm display
Depois disso, só teremos que executar a seguinte série de comandos para verificar aspectos do pacote instalado:

Para verificar quais formatos de imagem são compatíveis:

gm convert -list formats

Poderemos verificar quais fontes estão disponíveis por escrito:

gm convert -list fonts

Podemos verificar se os programas externos estão configurados como esperado escrevendo:

gm convert -list delegates

Verifique se as definições de cores podem ser carregadas:

gm convert -list colors

E, finalmente, para verificar se o GraphicsMagick identifica corretamente os recursos da nossa máquina, escreveremos:

gm convert -list resources

Usando o GraphicsMagick no Ubuntu

Abaixo, veremos alguns exemplos básicos de como usar o comando gm:

Ver uma imagem

Para visualizar uma imagem do terminal (Ctrl + Alt + T), vamos executar o seguinte comando:

gm-display-image

gm display sapoclayASCII.png

Assim, quando a imagem é exibida, se clicarmos com o mouse sobre ela, veremos o menu mostrado na captura anterior. Desta forma, isso facilitará a realização de modificações.

Alterar o tamanho de uma imagem

Para redimensionar uma imagem com uma nova largura, especificaremos a largura e a altura que serão dimensionadas automaticamente de forma proporcional. Então, só temos que escrever:

gm convert -resize 300 sapoclayASCII.png sapoclayASCII-resize-300.png

Para ver o resultado do comando anterior, então, vamos lançar o comando que vimos no ponto anterior:

redimensionar imagem 300 gm Graphicsmagick

gm display sapoclayASCII-resize-300.png
Crie uma imagem animada de várias imagens

Para criar uma imagem animada de diferentes imagens que são colocadas no diretório de trabalho atual, podemos usar o seguinte comando:

gm animate *.png
Converta uma imagem para outro formato

Para converter uma imagem de um formato para outro, por exemplo .jpg para .png, então:

gm convert imagen.jpg imagen.png
Veja um diretório inteiro de imagens

Nós poderemos ver um diretório inteiro de imagens, .png neste caso, digitando o seguinte comando:

Imagens do diretório GraphicsMagick

gm convert ‘vid:*.png’ all_png.miff
Para ver o resultado final, escrevemos:
gm display all_png.miff
Crie uma imagem composta (no formato de grade)

Também será possível criar uma imagem composta (em formato de grade) a partir de imagens separadas:

gm montage entreunosyceros.png ojo.jpeg sapoclayASCII.png SapoClayV2.png sapoRelax.png imagen-compuesta.png

Nós poderemos ver o resultado lançando o arquivo resultante:

imagem de grade de gm

gm display imagen-compuesta.png
Mais possibilidades

Com o comando gm, podemos fazer muito mais coisas. Assim, para conhecer todas as opções para gm, digite:

ajuda de graphicsmagick

gm -help

Então, para ver as opções possíveis da função converter, por exemplo, escreveremos:

gm help convert

Se você quiser mais informações sobre este projeto basta ir ao site oficial.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Smoothwall express

Conheça Smoothwall Express, distribuição Linux voltada para firewalls e roteadores

FFmpeg 4.2 lançado com suporte a decodificação AV1

FFmpeg 4.0 “Multimedia” Open-Source Framework “Wu” lançado