in

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Empresa de segurança diz que número de ameaças para Mac cresce rapidamente.

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

A empresa de segurança Malwarebytes revela em seu relatório mais recente que o número de ameaças direcionadas aos Macs está crescendo mais rapidamente que no Windows. É uma clara mudança de estratégia. A empresa detectou o dobro de tentativas maliciosas de atacar os usuários da Apple do que os ataques do Windows. Não há dados sobre Linux. De qualquer forma, o Mac é baseado também no Unix. Assim,  acende um sinal de alerta a outros sistemas como Fedora, Ubuntu etc. Portanto, agora os Hackers preferem Mac ao Windows.

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Em outras palavras, os Macs tornaram-se os alvos favoritos dos hackers. A Malwarebytes explica que as ameaças aos usuários de Mac aumentaram nada menos que 400% em 2019 em relação ao ano anterior.

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Para ver se esse aumento reflete a realidade do cenário de ameaças para Mac, examinamos as ameaças por ponto de extremidade nos Macs e nos Windows. Em 2019, detectamos uma média de 11 ameaças por endpoint do Mac – quase o dobro da média de 5,8 ameaças por endpoint no Windows, afirma a empresa.

De acordo com a análise deles, que é baseada exclusivamente nos dados dos clientes da Malwarebytes, os usuários de Mac foram alvo de 11 ameaças por cada terminal no ano passado. No caso do Windows, apenas 5,8 ameaças por cada terminal foram detectadas em 2019.

Windows vs. Mac

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

No que diz respeito ao Windows, o número de detecções realmente diminuiu 2% no caso dos consumidores. Contudo, por outro lado, aumentou nada menos que 13% para as empresas. Isso mostra que os hackers não buscam mais usuários domésticos, e sim empresas. Neste caso, um ataque bem-sucedido pode causar mais danos.

O Adware foi a principal ameaça para os consumidores que rodavam o Windows no ano passado, diz Malwarebytes, seguido por riskware, cavalos de Troia e outras ferramentas de hackers.

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Quando se trata de Macs, a principal ameaça era o Adware.NewTab, seguido pelo PUP.PCVARK e PUP.MacKeeper.

Os PUPs são uma variedade de aplicativos principalmente de“ limpeza ”que foram determinados como indesejados não apenas pelo Malwarebytes, mas pela comunidade de usuários de Mac em geral. Os PUPs MacKeeper e MacBooster, anteriormente primeiro e terceiro da lista em 2018, caíram para o terceiro e o quinto lugar em 2019. Isso provavelmente se deve à dependência das empresas por trás desses PUPs em um único aplicativo, cada um com uma má reputação conhecida no Comunidade Mac, explica a empresa de segurança.

Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows

Para 2020, o Malwarebytes prevê um aumento em termos de ataques de ransomware. Serão ataques híbridos que dependem e vários estágios para se tornarem mais comuns contra consumidores e empresas. Por enquanto, os Hackers mudam estratégia e atacam mais Mac que Windows. É esperar para ver até quando o Linux ficará de fora.

Fonte: Softpedia

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Duas falhas de software quase fizeram a Boeing perder a espaçonave Starliner

Duas falhas de software quase fizeram a Boeing perder a espaçonave Starliner

Intel está planejando uma placa de vídeo de ponta para desafiar a AMD e a Nvidia

Intel está planejando uma placa de vídeo de ponta para desafiar a AMD e a Nvidia