in

Hackers tentam roubar tecnologia e segredos da BMW e Hyundai

A suspeita é de que sejam hackers do Vietnã.

Hackers tentam roubar tecnologia e segredos da BMW e Hyundai

Os meios de comunicação alemães acusam um grupo de hackers (que foram relacionados com o governo do Vietnã) de terem invadido a rede de dois fabricantes de automóveis: Hyundai e BMW. Os hackers vietnamitas tentam, portanto, roubar tecnologia e segredos da BMW e Hyundai.

Aparentemente, esses ataques ocorreram no começo deste ano. As acusações recaem sobre o grupo de hackers APT32 (também conhecido como “OceanLotus” ou “Cobalt Kitty”).

Roubar segredos comerciais e de tecnologia da BMW e Hyundai era o objetivo dos hackers

O ATP32 está ativo desde 2014, e não é a primeira vez que eles são suspeitos de atacar empresas privadas, governos estrangeiros ou mesmo jornalistas. Acredita-se que eles sejam apoiados pelo governo vietnamita e recentemente visaram marcas como Toyota e Lexus.

Curiosamente, o Vietnã lançou recentemente seu próprio fabricante de automóveisVinFast, que tem a BMW como seu principal fornecedor. Este fabricante espera lançar no mínimo 12 veículos elétricos e motocicletas entre 2019 e 2020.

Hackers tentam roubar tecnologia e segredos da BMW e Hyundai

Na BMW, eles detectaram o ataque a princípio, porém, em vez de fechar as portas, decidiram deixá-los entrar para tentar descobrir de onde vinha (já que ainda não haviam conseguido acessar informações importantes).

Então, quando viram que estavam se aproximando cada vez mais de seus objetivos (o que indica que era uma estratégia para roubar segredos tecnológicos e comerciais), eles decidiram expulsá-los do sistema.

A BMW detectou o ataque e decidiu monitorar os hackers sem comprometer informações confidenciais.
Hackers tentam roubar tecnologia e segredos da BMW e Hyundai

Especialistas acreditam que o governo do Vietnã parece estar seguindo os mesmos passos da China. Assim, usam grupos de hackers para realizar espionagem econômica contra empresas estrangeiras, roubar propriedade intelectual e depois usá-la em empresas estatais.

No momento, não se sabe se eles tentaram invadir outros fabricantes de automóveis, ou se essa tentativa de invasão pode ter algum tipo de consequência com o acordo do VinFast com a BMW.

Via Genbeta

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

BayStream é o novo 'serviço' do Pirate Bay

BayStream é o novo ‘serviço’ do Pirate Bay

Facebook aposta no Linux para reduzir consumo de memória RAM

Facebook aposta no Linux para reduzir consumo de memória RAM