in

IBM abre arquitetura de processadores POWER para o público

O POWER ISA terá modelo aberto, guiado pelo OpenPOWER Foundation dentro da Linux Foundation.

IBM abre arquitetura de processadores POWER para o público

A IBM disse que decidiu abrir as instruções da arquitetura de sua família de processadores POWER Command Set (ISA). Um dos quais, o IBM POWER 9, é usado em um dos supercomputadores mais poderosos do mundo: o supercomputador Summit. Portanto, a IBM abre arquitetura de processadores POWER para o público.

Em 2013, a IBM estabeleceu o OpenPOWER Consortium. Ele forneceu a oportunidade de licenciar a propriedade intelectual relacionada ao POWER e garantiu acesso total às especificações. Ao mesmo tempo, as deduções continuaram a ser obtidas para obter uma licença de fabricação de chips.

IBM abre arquitetura de processadores POWER para o público

IBM abre arquitetura de processadores POWER para o público

A partir de agora, a criação de suas próprias modificações de chip com base na arquitetura do conjunto de instruções Power estará publicamente disponível e não exigirá deduções. Isso inclui o direito de uso livre de todas as patentes da Power relacionadas à IBM. O gerenciamento de projetos é transferido para a comunidade, que agora estará envolvida nos processos de tomada de decisão.

O anúncio veio através de vários canais oficiais da empresa, incluindo a OpenPower Foundation. Esta é uma organização criada pela IBM há 6 anos para incentivar a adoção da família de chips.

Com o anúncio da IBM de novas contribuições para a comunidade de código aberto, incluindo manual de arquitetura instrucional da família de processadores POWER e os principais modelos de design de hardware para o OpenPower Summit. A família de processadores POWER inclui PowerPC, RS/6000, POWER 1, 2, 4, 4+, 5, 5+, 6, 7, 8, 9, IBM 360 e IBM system z. Estes são processadores RISC, afirma a empresa.

O que a OpenPower Foundation da IBM faz?

Primeiramente, estabelece a arquitetura do conjunto de instruções da família de processadores POWER disponíveis para empresas e pessoas que a usam sem ter que pagar taxas de licença ou royalties.

Além disso, eles terão direitos de patente sobre os chips implementados com base na arquitetura do conjunto de instruções agora aberta. No entanto, empresas e indivíduos devem estar alinhados com uma pilha de requisitos de compatibilidade.

Esta é uma das razões pelas quais a OpenPower Foundation estará sob o controle administrativo da Linux Foundation.

A manobra assegurará que cada uma das mudanças propostas na arquitetura do conjunto de instruções esteja sujeita a uma votação majoritária para garantir o cumprimento desses requisitos. De acordo com comentários de funcionários da IBM, isso visa a limitar a fragmentação.

Mais detalhes

A IBM fez comunicações adicionais além da abertura da arquitetura do conjunto de instruções da família de processadores POWER e da aprovação da OpenPower Foundation sob o controle da Linux Foundation.

Primeiro, a empresa anuncia a disponibilidade de um modelo de arquitetura de código aberto para implementar dentro dos chips FPGA.

Esse é o resultado do trabalho de um engenheiro da IBM que se baseou na arquitetura do conjunto de instruções da família POWER para criar um softcore em um Xilinx FPGA.

Este é o primeiro resultado tangível da abertura da arquitetura do conjunto de instruções, disse o presidente da OpenPower Foundation. Seu uso deve ampliar os horizontes dos desenvolvedores, especialmente no que diz respeito à configuração de conjuntos de instruções personalizadas.

Aprendizado mais rápido

A empresa publicou um conjunto de recursos adicionais projetados para reduzir a curva de aprendizado.

Portanto, há um guia de referência para a inclusão da arquitetura do conjunto de instruções em processadores personalizados.

Do mesmo modo, a IBM fornece modelos de design de tecnologia OpenCAPI (para uso com FPGA) e de interface de memória aberta OpenCAPI (OMI) para a comunidade.

A empresa pretende mostrar o caminho que deseja seguir com seus recursos. A ideia é configurar os próprios aceleradores e dispositivos de interface de memória.

Então, a abertura desta arquitetura de conjunto de instruções é a mais recente contribuição da IBM para o campo de código aberto após a aquisição da Red Hat por US $ 34 bilhões.

Fonte: Ubunlog

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Conheça as novas funções do Acronis True Image 2020

Conheça as novas funções do Acronis True Image 2020

rakuten-brasil-promove-webinar-sobre-a-lei-geral-de-protecao-de-dados-lgpd

Rakuten Brasil promove webinar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)