in

Imagens revelam que a AMD já está planejando processadores de 5 nm

A AMD está corroendo a participação de mercado da rival com muitas inovações técnicas importantes.

A AMD quer lutar diretamente com a Intel no mercado de laptops e está fazendo isso com peças e produtos que a Intel vai lutar para alcançar. Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Depois de anos vivendo na sombra de seu rival, a AMD tem desafiado a Intel no espaço das CPUs desde a chegada de sua arquitetura Zen, e parece que essa tendência continuará. Algumas imagens acabam de revelar os mais recentes processadores da AMD, mostrando o lançamento dos chips Zen 3 e Zen 4 EPYC Genoa de 5 nm.

AMD e os processadores de 5 nm

Os roteiros exibindo as CPUs para consumidores e empresas foram revelados no AMD’s Financial Analyst Day. Os chips Ryzen de quarta geração chegarão ao final deste ano, mas a AMD diz que toda a gama de produtos de consumo, incluindo CPUs de desktop, deve estar disponível até o final de 2021.

Imagem: AMD.

O roteiro do produto corporativo se estende ainda mais para o futuro do que a versão para o consumidor. Isso ocorre porque há um ciclo mais longo do produto e do investimento financeiro de longo prazo que esses clientes trazem. Além disso, a AMD sugeriu que não queria revelar muitos de seus planos futuros para o mercado competitivo de CPUs para consumidores.

Imagem: AMD.

A AMD confirmou que o sucessor do EPYC Rome, o EPYC Milan, chegará no final de 2020. As CPUs baseadas na arquitetura Zen 3 serão construídas no processo de 7 nm. Porém, ele será uma versão mais avançada do processo de 7 nm que a AMD usa em seus produtos atuais.

Olhando para o futuro, a AMD revelou que seus processadores Zen 4 EPYC Genoa estarão disponíveis até o final de 2022. Eles usam o processo de 5 nm, que provavelmente também será usado para as CPUs baseadas no Zen 4 voltadas para os consumidores quando elas chegarem.

Imagem: AMD.

As próximas CPUs de desktop Comet Lake da Intel serão baseadas em uma versão refinada do processo de 14 nanômetros da empresa. Assim, a Intel está lutando para alcançar a AMD, que está corroendo a participação de mercado da rival com muitas inovações técnicas importantes.

Fonte: Tech Spot