in

Intel Icelake traz novos contadores de desempenho

Intenção é melhorar desempenho gráfico.

Intel Icelake traz novos contadores de desempenho

Embora o suporte Linux para o tão aguardado Icelake da Intel esteja disponível há meses e todos os fundamentos aparentemente maduros, houve algumas adições de última hora em torno de funcionalidades não essenciais. Uma das mais recentes séries de patch de kernel do Linux em torno da Icelake é adicionar suporte para novos contadores de desempenho Top-Down para esses processadores Intel de última geração. Portanto, o Intel Icelake traz novos contadores de desempenho.

Houve métricas “Top-Down” para expor as estatísticas do pipeline da CPU em torno de gargalos no front-end do processador, back-end, má especulação ou retirada. Essas métricas foram feitas usando contadores genéricos. Porém, com o Icelake e os processadores Intel avançando, há contadores de desempenho fixo no hardware para essas métricas.

Novos contadores de desempenho do Intel Icelake

As novas métricas Top-Down também permitem expor essas métricas de gargalo em uma base por thread/processo, em vez de apenas por núcleo. Essas novas métricas Icelake Top-Down certamente devem ajudar os desenvolvedores a criar o perfil usando o subsistema Linux perf em busca de gargalos na CPU.

O suporte não foi feito para o kernel do Linux 5.2, porém os patches estão na lista de discussão e presumivelmente serão incluídos no Linux 5.3.

Intel Open-Source 19.19.12968 Compute Runtime Lançado

Intel Icelake traz novos contadores de desempenho

Para aqueles que fazem uso do OpenCL “NEO” Compute Runtime da Intel, uma nova versão marcada já está disponível. O Intel 19.19.12968 Compute Runtime é a versão mais recente que consiste no mais novo código em torno de seus componentes OpenCL LLVM/Clang com o compilador gráfico, Biblioteca GMM e bits relacionados. Com o lançamento atual, eles trouxeram a atualização do Intel Graphics Compiler 1.0.4.

Esta OpenCL stack de código aberto da Intel atualmente oferece suporte a OpenCL 2.1 de nível de produção para Skylake e mais recente (ou qualidade beta para Broadwell). O suporte a OpenCL do Pre-Broadwell no hardware da Intel continua disponível através do antigo driver “Beignet” e não será suportado por esta pilha moderna.

Esta pilha de computação da Intel deve ficar muito mais emocionante uma vez que seu suporte SYCL está em ordem.

Veja o GitHub para detalhes sobre a nova versão atual, incluindo binários do Ubuntu de 64 bits.

Caso você tenha perdido, os desenvolvedores da Intel também estão procurando feedback do usuário nesta pilha de computação.

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

RISC-V: A arquitetura ideal para Linux!

RISC-V: A arquitetura ideal para Linux!

LibreOffice vs. OpenOffice: quem vencerá a batalha entre as suítes de escritório no Linux?

LibreOffice vs OpenOffice: quem vencerá a batalha entre as suítes de escritório no Linux?