in

Intel traz processadores de 11ª geração para Chromebooks

A Intel disse que seus processadores oferecem criação de conteúdo até 2,7x mais rápida.

Intel traz processadores de 11ª geração para Chromebooks
Imagem: Intel.

A Intel anunciou que trará seus processadores de 11ª geração com gráficos Iris Xe para Chromebooks, promovendo desempenho mais rápido e melhores gráficos. A empresa lançou os processadores Tiger Lake de 11ª geração oficialmente no início deste mês.

A Intel disse que seus processadores oferecem criação de conteúdo até 2,7x mais rápida, produtividade de escritório 20% mais rápida e jogos 2x mais rápidos.

Intel traz processadores de 11ª geração para Chromebooks

Marcus Yam, escritor de tecnologia da Intel, disse:

Na Intel, projetamos nosso silício para se destacar em desempenho na mais ampla variedade de casos de uso, cargas de trabalho e fatores de forma. Os dispositivos Chrome OS não são exceção, e este é um segmento-chave no qual nos concentramos. Os Chromebooks nunca foram tão importantes com a mudança acelerada para trabalhar e aprender em casa.

Intel traz processadores de 11ª geração para Chromebooks
A Intel anunciou que trará seus processadores de 11ª geração com gráficos Iris Xe para Chromebooks, promovendo desempenho mais rápido e melhores gráficos. Imagem: Intel.

De acordo com a Intel, em comparação com os processadores de 10ª geração, os Tiger Lake permitirão que os usuários carreguem páginas da web até 28% mais rápido. No que diz respeito aos jogos, permitirão gráficos 2,7 vezes mais rápidos.

A Intel também se orgulha de que os processadores permitirão aos usuários importar, editar em lote e exportar fotos até 23% mais rápido no Adobe Lightroom; pode reduzir o tempo de produção de vídeo com importação e exportação de vídeos até 54% mais rápido no Kinemaster; melhor capacidade de resposta do sistema e inicialização mais rápida da guia do Chrome.

A Intel disse que, nos últimos cinco anos, seus processadores alimentaram mais de 57 milhões de dispositivos Chrome OS, respondendo por mais de 90% de todos os dispositivos Chrome OS. Yam continua:

À medida que o Chrome OS entra em sua segunda década, permanecemos firmes em fornecer desempenho no mundo real que é mais crítico do que nunca, com usuários exigindo mais de suas máquinas nos ambientes de teletrabalho e aprendizagem virtual em rápida evolução de hoje.

Fonte: ZDNET

Microsoft lança Minecraft Education Edition para Chromebooks

Collabora Office baseado no LibreOffice já está disponível para Chromebooks

Novos patches de driver de gráficos do Intel Linux dão melhor desempenho de vGPU