in

Kernel 4.11 – SSDs, GPUs AMD, Intel e Muitas Novidades

Suporte á SSDs, GPUs AMD, Intel e Muito mais.

Linus Torvalds lançou o Kernel Linux 4.11 oficialmente com inúmeras funcionalidades e correções importantes.
Em seu anúncio de lançamento, Torvalds disse que está “muito feliz” com a liberação do 4.11.

“Acrescentei que havia algumas correções menores na versão 4.11 na última semana, mas nada fora do comum.” disse Torvalds

Para aqueles interessados ??nos detalhes, Torvalds escreveu que o lançamento é um “mix total”, com a maioria do código dominado por drivers. O restante das alterações incluem atualizações para Arch Linux, redes genérica e correções do sistema de arquivos.

“Mas é tudo muito pequeno, que é o que eu gostaria de ver na última semana do ciclo de lançamento”, escreveu Torvalds.

Novidades do Kernel 4.11

Em resumo, o Kernel Linux 4.11 traz mudanças significativas que incluem mais eficiência para a gestão de energia nas GPUs AMD. A versão inicial também introduziu o suporte para chips da Intel Gemini Lake, e os desenvolvedores podem colher os benefícios do suporte aos SSDs, que é a grande novidade nesta versão.
Além disso, podemos destacar algumas melhorias no frame-buffer em hardwares Skylake e mais recentes, o driver DRM da Intel agora também lida com áudio DisplayPort MST e é um suporte para gráficos Intel Gemini Lake. Contudo, o suporte para SoCs do Gemini Lake estará disponível nas versões futuras do kernel.
Do lado da NVIDIA, o novo driver DRM passou por uma referência de código do Secure Boot e, com base nesse trabalho, a NVIDIA até lançou o firmware Pascal para GPUs com a arquitetura da empresa, junto com o código para trazer suporte acelerado para a série GeForce GTX 1000 (GeForce GTX 1050/1060/1070/1080). Mas, infelizmente, esse suporte acelerado para placas Pascal só estará disponível a partir do Kernel Linux 4.12.
Há um melhor suporte para o Turbo Boost Max 3.0 da Intel, melhorias para KVM (Máquina Virtual baseada em Kernel), suporte ao PVHv2 para Intel Xen e ao Realtek ALC1220, que é o codec usado por muitas placas-mãe para Intel Kabylake e AMD Ryzen. Sendo assim, com o Kernel Linux 4.11, as placas-mãe mais recentes terão o áudio funcionando.
Entre outras novidades, há atualizações de drivers, o que deve melhorar o suporte aos novos hardwares e os sistemas de arquivos EXT4, Btrfs, XFS e F2FS receberam otimizações menores.

Em Resumo

De acordo com Kernel Newbies “a versão adiciona suporte para quadro pluggable (Plugs) nos programadores IO na camada bloco Multiqueue. Também temos o apoio na implementação RAID5 MD que fecha a falha de gravação de dados sem corromper, tornando mais escalável o swap que agora pode ser colocado direto no SSDs“, bem como outras melhorias.
A janela de mesclagem para a versão do Kernel Linux 4.11,codinome: Fearless Coyote (Coyote sem medo), já está disponível. Torvalds ainda escreveu que já tem dois pedidos para colocar na versão 4.12 em sua caixa de entrada que logo vamos ver.