in

Kernel Linux 5.10 só terá suporte até 2022

A promessa era de manutenção por 6 anos, mas isso pode mudar.

Polêmica sobre duração do Kernel Linux 5.10 LTS continua

Parece que a Red Hat e sua decisão de descontinuar o suporte ao CentOS 8 criou uma moda no mundo open source. Isso porque agora são os mantenedores do Kernel Linux que anunciam um prazo muito menor de suporte. Recapitulando, há alguns anos, os mantenedores criaram a noção de versões estendidas com a criação de um Kernel LTS. Isso foi em 2017, quando decidiram criar versões LTS com manutenção que duraria seis anos ao invés de apenas dois. Na verdade, dois anos era o prazo de manutenção comum para um kernel LTS. Agora, eles parecem ensaiar um recuo nesta proposta.

A grande vantagem de ter kernels LTS é que eles fornecem manutenção e correções de bugs esegurança para a base de código. Isso significa que Linux 5.4 LTS é suportado até o final de 2025, Linux 4.19 até o final de 2024 e até mesmo Linux 4.14 até o início de 2024. No entanto, com o recém-criado Linux 5.10 LTS, pelo menos por agora, ele só está com manutenção garantida até no final do próximo ano.

Houve diferentes observações e indicações sobre quanto tempo o ciclo de suporte de longo prazo do Linux 5.10 duraria. No entanto, todos esperavam o prazo de seis anos, visto que é o que tem acontecido nos kernels LTS recentes. Assim, até mesmo o kernel do Linux 4.4 está sendo planejado para manutenção até fevereiro de 2022 e Linux 4.9 até 2023.

Kernel Linux 5.10 só terá suporte até 2022

Lançamento do Linux 5.10 LTS deve ocorrer no próximo fim de semana

O mantenedor estável do Linux Greg Kroah-Hartman agora deu uma resposta mais transparente na lista de discussão do kernel Linux, decorrente da conversa sobre por quanto tempo o Linux 5.10 será mantido.

Então, segundo ele, o Linux 5.10 LTS será mantido por apenas dois anos ou até o final do ano de 2022. Pode ser mantido por seis anos, mas pelo menos por agora não houve nenhuma empresa ou organização reclamando que recursos deveriam estar presentes pelo período de seis anos. Isso é semelhante à dança que normalmente deve acontecer a cada ano após um novo kernel do Linux Long Term Support.

Greg comentou :

Quero ver as empresas _utilizando_ o kernel e, o mais importante, _atualizando_ seus dispositivos com ele, para saber se vale a pena mantê-lo por mais de 2 anos. Eu também, espero, quero ver como essas empresas vão me ajudar no teste e manutenção dessa versão do kernel, a fim de tornar o suporte por 6 anos realmente possível. 

Então, você está planejando usar o 5.10? Você estará disposto a ajudar no teste das versões -rc que eu faço para me informar se houver algum problema e para ajudar a apontar e fazer backport de quaisquer patches específicos que suas plataformas precisam para essa versão do kernel? Quando recebo esse tipo de promessa e suporte de empresas, fico feliz em aumentar a duração do suporte do kernel de 2 para 6 anos e eu o marco no site.

Reclamações já começaram

Essa conversa começou com um engenheiro da Broadcom expressando sua opinião sobre um kernel LTS de dois anos ser insuficiente.

Greg acrescentou em outro post: 

Até agora, o júri ainda está decidido para 5.10, você está disposto a ajudar com isso? Se não, por que você deseja que outras pessoas façam o seu trabalho por você? Estou conversando com algumas empresas, mas não estou disposto a me comprometer com nada em público ainda, porque ninguém se comprometeu comigo ainda. “

Seis anos de suporte do Kernel, só com ajuda

Principalmente, ele está atrás de mais organizações para ajudar a testar os candidatos a lançamento. Ele quer também o compromisso de todos os recursos necessários. Assim, faria sentido para ele continuar a manutenção estável do LTS por mais de dois anos. (Greg, por sua vez como membro da Linux Foundation, responsável pelo gerenciamento do kernel estável, já recebe cerca de $ 322k USD de pacote de compensação anual e outra estimativa de $ 45k em compensação adicional, de acordo com os relatórios mais recentes da Linux Foundation.)

Além disso, o Linux 5.10 será o kernel padrão do Debian 11 “Bullseye”, usado pelo próximo lançamento do Google Android. Também deve fazer parte de outros projetos. Assim, veremos em breve se permanece a decisão de manter este kernel por seis anos ou se ele irá oficialmente para o fim de -vida no final de 2022.

Phoronix

Vivaldi 3.6 chega com com novidades para abas

Vivaldi 3.6 chega com com novidades para abas

como-instalar-o-o20-uma-alternativa-ao-office365-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Como instalar o O20, uma alternativa ao Office365, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian