in

Kernel Live Patch tem atualização de segurança para o Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

Veja as correções aplicadas.

Kernel Live Patch tem atualização de segurança para o Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

A Canonical publicou uma nova atualização de segurança de patches ativos do kernel Linux, Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04 LTS, para solucionar uma única vulnerabilidade de segurança. Isso ocorre apenas dois dias após o lançamento de uma atualização de segurança normal do kernel Linux para as séries de sistemas operacionais Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) e Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus). Foram resolvidas nove vulnerabilidades. Agora há uma atualização de kernel para usuários que usam o serviço da Canonical Livepatch.

A atualização corrige apenas uma única vulnerabilidade de segurança (CVE-2020-11494), que foi descoberta no driver de interface CAN serial do kernel Linux. Aparentemente, o driver falhou ao inicializar os dados corretamente, permitindo que um invasor local exponha informações confidenciais (memória do kernel).

A Canonical diz que o problema de segurança pode ser corrigido com a atualização do patch ativo do kernel para a versão 67.1, que agora está disponível para os sistemas Ubuntu 18.04 LTS e Ubuntu 16.04 LTS.

Kernel Live Patch tem atualização de segurança para o Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

Kernel Live Patch tem atualização de segurança para o Ubuntu 18.04 LTS e 16.04 LTS

Para o Ubuntu 18.04 LTS, o novo patch ativo do kernel é suportado em sistemas de 64 e 32 bits como sabores genéricos ou de baixa latência, bem como nos sistemas Amazon Web Services (AWS), sistemas Google Cloud Platform (GCP), sistemas Microsoft Cloud Platform (Microsoft Azure Cloud) sistemas e sistemas OEM.

Por outro lado, o novo patch ativo do kernel está disponível apenas para sistemas de 64 e 32 bits como sabores genéricos ou de baixa latência e sistemas Amazon Web Services (AWS) nos sistemas Ubuntu 16.04 LTS.

Se você tiver o serviço Livepatch da Canonical ativado no seu computador Ubuntu, atualize-o agora. A vantagem de usar o patch ativo do kernel é que você não precisa reiniciar o computador após instalar uma nova versão do kernel.

Se você não estiver usando o serviço Livepatch da Canonical, poderá ativá-lo no utilitário Software & Updates, acessando a guia Livepatch. Embora o serviço seja gratuito para uso em até três computadores, observe que você precisará se registrar em uma conta Ubuntu One. Mais detalhes estão disponíveis aqui.

Twitter testa traduções automáticas no Brasil

Novo recurso do Twitter permite que você decida quem pode responder ao seu Tweet

Fundação GNOME chega a acordo com empresa chamada de troll de patentes

Fundação GNOME chega a acordo com empresa chamada de troll de patentes