in

Lançado o Xfdesktop 4.15 do Xfce

Versão ainda é instável.

Ambiente Xfce anuncia atualização 4.16pre1

O gerenciador de desktop “xfdesktop” do Xfce lançou a versão 4.15 esta semana como a mais nova atualização, ainda que instável. O Xfdesktop 4.15 traz principalmente uma série de correções de bugs, incluindo vazamento de memória, problemas de cores de fundo transparentes e outras correções e itens de manutenção. Então, confira a seguir os detalhes do Xfdesktop 4.15 do Xfce que acaba de ser lançado.

O Xfdesktop 4.15 também possui algumas alterações de ícone, o tamanho mínimo do ícone da área de trabalho agora é de 16 pixels, suporte à combinação de teclas Shift + Ctrl + N para a criação de novas pastas, suporte à localização de digitação antecipada para ícones da área de trabalho e outros itens e atualizações de tradução. Downloads e mais detalhes sobre a versão Xfdesktop 4.15 do Xfce via xfce.org Git.

Enquanto isso, Xfce 4.16 será a próxima versão estável deste desktop em desenvolvimento. Eles visam um ciclo de desenvolvimento mais curto com o Xfce 4.16. Portanto, a intenção é de que devem ser enviados ainda este ano, com todas as melhorias do 4.15.x nos diferentes componentes da área de trabalho.

Lançado o Xfdesktop 4.15 do Xfce e o GNOME prepara outras novidades

Lançado o Xfdesktop 4.15 do Xfce

Uma limpeza da API do driver Cogl na base de código Mutter do GNOME foi mesclada após ficar aberta por dois meses. Essa limpeza pode ajudar se o Mutter decidir adicionar um back-end Vulkan.

Adam Jackson, da Red Hat, realizou essa limpeza do Mutter/Cogl no início deste ano, que atingiu o master do Git na quinta-feira. A limpeza move mais o código OpenGL para caminhos específicos da GL e fora do núcleo da Cogl. Nenhuma alteração funcional é feita como parte dessa limpeza, mas obviamente é importante isolar o código OpenGL se o Mutter finalmente encontrar o suporte do Vulkan ou outro backend não-OpenGL.

Esta não é a primeira vez que Adam Jackson tenta limpar o código OpenGL no Mutter. Meses antes, houve outro Merge request que foi direcionado para a correção de vazamentos de back-end para código que chama OpenGL diretamente. Jackson reafirmou  que “Isso tornaria um backend não-GL (como, por exemplo, o Vulkan) mais difícil do que o necessário.

Phoronix