in

Linux 5.10-rc4 lançado e ritmo de desenvolvimento continua intenso

Veja as novidades sobre o kernel.

Tradicionalmente, deveríamos ter passado da metade do ciclo de lançamento no quarto candidato a lançamento semanal. Porém, ao que tudo indica, haverá muito trabalho nas próximas semanas até que saia uma versão estável. Assim, o Linux 5.10-rc4 lançado e ritmo de desenvolvimento continua intenso.

O desenvolvedor Linus Torvalds observou no 5.10-rc4 deste final de semana:

O 5.10 ainda não se acalmou e há uma boa quantidade de barulho por todo o lugar. Nada que me preocupe particularmente, e honestamente, com cerca de um terço do patch sendo diferente, o autoteste atualiza e corrige parte desse ruído e certamente é bem-vindo, mas espero que na próxima semana comece a ver menos mudanças reais.

Torvalds observou no anúncio de lançamento que embora a atividade ainda não tenha se acalmado, ele ainda espera que este seja um ciclo bastante regular.

Linux 5.10-rc4 lançado e ritmo de desenvolvimento continua intenso

Digno de nota com as alterações do Linux 5.10-rc4, há uma correção de regressão Nouveau que trata de um problema durante a janela de mesclagem, muitas outras correções por toda parte e algumas novas adições tardias incluem suporte Intel Tiger Lake H Thunderbolt e suporte Intel Alder Lake DPT.

Esta será a última versão estável do kernel a ter lançamento em 2020. Da mesma forma, já se definiu que esta é uma versão LTS, ou seja, com suporte prolongado. Assim, ela será mantida pelos próximos cinco anos.

Linux 5.10 será LTS

Dependendo de como o resto do ciclo se desenrola, o Linux 5.10 deve ser lançado como estável entre os dias 13 e 20 de dezembro.

Estes são os recursos do Kernel Linux 5.10

Linux 5.10-rc4 lançado e ritmo de desenvolvimento continua intenso

  • Continuação da apresentação da Intel Rocket Lake, bem como dos primeiros trabalhos em Alder Lake. Também há trabalhos iniciais em torno do Lago Meteor;
  • Suporte ao processador IoT MIPS X2000/X2000E Ingenic;
  • O suporte PowerPC 601 foi retirado como o processador PowerPC original de 32 bits. Enquanto isso, a IBM continua trazendo suporte para POWER10 no kernel Linux;
  • Emulação SLDT/STR com UMIP para ajudar alguns jogos do Windows rodando no Linux no Wine que não apresentam mais problemas;
  • Uma correção para manipulação de frequência de CPU AMD Zen 3 que se origina de uma solução alternativa em 2012 para substituir a tabela ACPI _PSD em processadores AMD;
  • Suporte de desempenho para AMD Zen 3 junto com outras adições de desempenho de Linux;
  • Suporte para sensor de temperatura AMD Zen 3;
  • O Suporte para AMD Zen 3 EDAC;
  • Suporte inicial para NVIDIA Orin;
  • Desempenho mremap muito mais rápido em hardware ARM64;
  • Inicialização RISC-V inicial via EFI;
  • O KVM escolheu o novo TDP MMU que pode ajudar especialmente com VMs muito grandes;
  • O Xen corrige o suporte a convidado ARM ao operar com KPTI (Kernel Page Table Isolation) para mitigar o Meltdown;
  • Suporte AMD SEV-ES para Secure Encrypted Virtualization “Encrypted State” (ES) para melhor proteção de máquinas virtuais;
  • AMD Secure Nested Paging IOMMU em preparação para suporte SEV-SNP;
  • Coerência de cache reforçada por hardware AMD SME;
  • Suporte para Centauro Zhaoxin 7-Series;
  • uso inicial da instrução Intel SERIALIZE;
  • Arm Memory Tagging Extension e Pointer Authentication estão trabalhando para proteger melhor o sistema com os novos SoCs ARM64;
  • Uma reescrita das mitigações Spectre da ARM com o retrabalho de “Ghostbusters”;
  • Ajustes de balanceamento SMT no agendador;
  • Várias outras alterações de processador Intel/AMD;

Gráficos:

  • Suporte Tiger Lake HOBL para ajudar a estender a vida útil da bateria;
  • Continuação do trabalho no suporte Gen12 dentro do Intel Rocket Lake;
  • Trabalho continuado no suporte da série AMD RDNA 2/Radeon RX 6000 inicialmente introduzido no Linux 5.9;
  • Suporte de exibição AMDGPU DC para GPUs GCN 1.0 (Ilhas do Sul);
  • Suporte para Raspberry Pi VC4;
  • Suporte para placa gráfica de desktop Matrox G200 no driver Matrox DRM;
  • Uma correção para o gerenciamento de energia deficiente com laptops AMD com gráficos discretos Radoen;
  • Numerosas outras atualizações de DRM de código aberto.

Linux 5.10-rc3 lançado com tamanho normal