Notícias

10/01/2022 às 08:00

6 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Linux 5.16 lançado com muitas novidades da Intel e AMD

Já o GNU Linux-libre 5.16 traz mais limpeza de firmware proprietário.

Linux 5.16 lançado com muitas novidades da Intel e AMD

Desta vez, não houve surpresas e o novo kernel Linux 5.16 estável finalmente foi lançado trazendo muitas novidades em relação a Intel e AMD. Sçai muitos recursos novos que devem melhorar o desempenho do kernel para quem usa alguma distribuição Linux.


Assim, entre os destaques, o Linux 5.16 inclui a chamada de sistema FUTEX2 futex_waitv. Isso deve ajudar o Steam Play (e Wine). Também foram incluídos os chamados fólios de memória. Além disso, o suporte da série móvel AMD Ryzen 6000 está ficando melhor. Por outro lado, os gráficos Intel Alder Lake S agora são considerados estáveis. O suporte Intel AMX para Sapphire Rapids também faz parte do Linux 5.16, junto com importantes melhorias de desempenho de gráficos Radeon no AMD Ryzen. Há ainda uma variedade de outras melhorias de hardware.

Linus Torvalds escreveu no anúncio mais recente:

Não há muita coisa aqui desde a versão -rc8, o que não é inesperado. Tínhamos aquela semana extra devido aos feriados, e não é como se tivéssemos muitas coisas de última hora que precisassem ser resolvidas. 

Portanto, isso contém principalmente algumas correções de driver (principalmente rede e rdma), uma correção de uso de credencial cgroup, algumas correções de rede central, algumas reversões de última hora e alguns outros ruídos aleatórios. 

O Linux 5.16 original tem aproximadamente 22,5 milhões de linhas de código. Foram mais 3,8 milhões de linhas de commits e outros 4 milhões de linhas em branco espalhadas por 63,5 mil arquivos. Ao todo, foram cerca de 30,4 milhões de linhas para a árvore atual do Linux Git.

Agora devemos esperar a janela de mesclagem do Linux 5.17 em que outros recursos devem ser implementados nos próximos meses. Linus Torvalds anunciou que vai viajar durante essa abertura de janela de mesclagem do Linux 5.17.

GNU Linux-libre 5.16 tem limpeza de código e desobstrução de firmware

E logo depois da chegada do Linux 5.16, os desenvolvedores do GNU anunciaram a nova versão do GNU Linux-libre 5.16-gnu. Este kernel remove e desabilita qualquer código dependendo de binários de firmware e microcódigo não abertos, assim como a capacidade de carregar módulos de kernel proprietários. Então, são muitas limpezas em defesa do software livre.

Há muitas mudanças no GNU Linux-libre 5.16-gnu em relação à série 5.15. Todo o trabalho realizado pela equipe do GNU FSF América Latina incluiu:

Linux 5.16 lançado com muitas novidades da Intel e AMD
Linux 5.16 lançado com muitas novidades da Intel e AMD

O upstream agora possui uma chamada firmware_request_builtin. Portanto, introduziram uma função firmware_reject_builtin análoga. Os scripts de limpeza costumavam ter funções de shell separadas para desabilitar request_firmware e a variante _nowarn; agora eles foram unificados e estendidos para cobrir a variante _builtin. Assim, os scripts não precisarão de alterações quando o código upstream alternar entre eles.

Novos drivers para wi-fi, mt7921s e rtw89 (8852a), para touchscreen, ili210x, para remoteproc, i.MX dsp, para áudio, qdsp6 e para arquivos de dispositivos para variantes aarch64 qcom, tiveram as solicitações de blob desativadas e os nomes de blob removidos.

Saiba mais detalhes sobre o novo GNU Linux-Libre nos links v5.16 em FSFLA.org.

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Mais lidas

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.