linux-deepin-spyware

A distribuição GNU/Linux Deepin ou como é conhecida Linux Deepin vem sendo acusada desde 2017 de conter spyware. Até hoje, ainda há dúvidas sobre o assunto. Não é a primeira vez que uma distribuição GNU/Linux popular é questionada sobre espionar seus usuários, no passado o Ubuntu também passou pela mesma acusação, no caso do Ubuntu seria as lentes da Amazon que coletava dados das pesquisas para fornecer resultados relevantes ao usuário. E o Linux Deepin, tem Spyware?

Em maio de 2017 o mesmo questionamento começou a ser feito, a discussão sobre o tema começou no reddit e se estende até então. Questionamentos sempre são levantados em torno das expressões que circulam de que o sistema é um verdadeiro Spyware, por outro lado, entusiastas não concordam em dizer que o sistema inteiro é espião seja a maneira correta de categorizar a situação atual do Linux Deepin.

O termo Spyware é ainda assustador para muitos, pois remete a um vírus, vulnerabilidade ou algo do tipo, e não é bem assim. O Spyware em resumo, coleta dados que podem ser identificados ou anônimos, e aí essas informações podem ser  comercializadas ou não, vai muito de acordo com a finalidade da coleta. A questão é que para muita gente isso é um absurdo, não pelo fato de ter algo a esconder, mas a proteger.

Atualmente temos muitos meios de coletas de dados que são mais agressivos que o Linux Deepin, como Facebook, Google em todos os seus produtos, Microsoft em todos os seus produtos, Instagram, Twitter, sites de descontos, sites de vendas, telefonia fixa e móvel, bancos…ufa…muita gente coletando seus dados.

Declaração oficial do Linux Deepin sobre o spyware

[bs-quote quote=”Estão dizendo recentemente que o Linux Deepin é um spyware. A lógica usada por estes é que o Deepin tem links cnzz.com em seu site e na Appstore, e como o cnzz coleta algumas informações do usuário no navegador, o Linux Deepin é um spyware. Isso realmente é um problema sério, já que ninguém quer que sua informação privada vaze, como no evento do Facebook.

O Deepin precisa informar a todos os interessados que o nosso back-site Appstore é um site e o cnzz é um famoso provedor de serviços de análise de estatísticas da Internet que coleta informações anônimas de uso do site, como dados de usuários do navegador, resolução etc. . A Deepin usa o cnzz para coletar informações de acesso ao site e, assim, saber como melhorar nossa experiência no site e detectar problemas no site. Nenhuma informação privada pode ser coletada desta forma apenas pelos dados acima mencionados.

Esperamos que isso esclareça a questão do spyware e reafirmamos que a Deepin não coletou informações privadas do usuário no passado e não coletará informações privadas do usuário no futuro.

Desfrute do Linux Deepin!” style=”default” align=”center” author_name=”Equipe Linux Deepin” author_job=”Publicação Oficial do Linux Deepin sobre Spyware” author_avatar=”https://sempreupdate.com.br/wp-content/uploads/2018/05/linux-deepin-spyware.png” author_link=”https://www.deepin.org/en/2018/04/14/linux-deepin-is-not-spyware/”][/bs-quote]

Bom, como você pode ver, há coleta de dados anônimos sobre aonde o seu sistema está sendo executado e algumas informações sobre a sua máquina, no entanto os dados são anônimos, segundo eles. Pensando nisso, caso seja um critério de desistir do sistema é hora de conhecer bem os sistemas antes de instalar em sua máquina.

Mas, se a coleta destes dados não ferem aquilo que você considera sigiloso ainda que anônimo, não há motivos para trocar de sistema. Uma dica, conheça bem as distribuições antes de instalar em sua máquina de produção, e claro, aquela velha pesquisa ajuda e muito, use o termo Spyware seguido pelo nome da sua distribuição em seu buscador preferido e faça seu filtro.

Neste caso, podemos concluir que o Linux Deepin possui sim Spyware, no entanto a relevância sobre os dados coletados anonimamente quem decide é o usuário!
Para mais informações sobre o comunicado oficial do Linux Deepin sobre o uso do Spyware, confira o link abaixo:

Mais 2 distribuições baseadas em Ubuntu apresentam novas versões

Previous article

Firefox terá anúncios a partir da versão 60

Next article

You may also like

More in Notícias