in

Linux Foundation anuncia a CHIPS Alliance para projetos de chips de código aberto

Mais um passo rumo ao código aberto é dado pela Fundação Linux.

Linux Foundation anuncia a CHIPS Alliance para projetos de chips de código aberto

A Fundação Linux não para de expandir seus projetos em defesa do software livre e de código aberto. Agora, a organização sem fins lucrativos trabalha para apoiar e incentivar as tecnologias voltadas para os chipes, a CHIPS Alliance.

Os primeiros apoiadores da aliança incluem a SiFive, Esperanto Technologies, Google e WD. Este grupo tem como objetivo alimentar a inovação de chips de código aberto e apoiar a crescente popularidade e suporte para a arquitetura RISC-V gratuita e aberta.

Como esperado, essa aliança seguirá as práticas predominantes nos outros projetos da Fundação. Incluirá a formação de um conselho, comitê técnico e uma comunidade de contribuintes.

A aliança

Linux Foundation anuncia a CHIPS Alliance para projetos de chips de código aberto

No post oficial do blog, Mike Dolan, da Linux Foundation, disse que a colaboração aberta pode ajudar a inovação de hardware da mesma maneira que ajuda o software.

Estamos ansiosos para receber a CHIPS Alliance e convidar mais organizações a se unirem à iniciativa para ajudar a impulsionar a inovação colaborativa nos mercados de CPU e SoC, acrescentou.

Dê uma olhada nas contribuições de diferentes organizações:

  • Google: Um ambiente gerador de fluxo de instruções para núcleos RISC-V
  • Western Digital: Emissão Dupla de 9 Estágios, Núcleo SweRV de 32 Bits e Simulador de Conjunto de Instrução SweRV
  • SiFive: Contribuição para o gerador RocketChip SoC e o tecido de interconexão TileLink

O site da CHIPS Alliance menciona que estará adicionando projetos ao longo do tempo. Os dois primeiros projetos iniciais para ajudar a comunidade a começar são o Ambiente Gerador de Fluxo Baseado na Metodologia de Verificação Universal (UVM) do Google para RISC-V Cores e o SweRV Core da WD.

Segundo o anúncio oficial,

A colaboração aberta tem provado repetidamente ajudar as indústrias a acelerar o tempo de colocação no mercado, alcançar a sustentabilidade a longo prazo e criar padrões de fato, disse Mike Dolan, vice-presidente de programas estratégicos da Linux Foundation. O mesmo modelo de colaboração se aplica ao hardware de um sistema, assim como aos componentes de software.

Você pode visitar o site deles para obter mais informações e entrar em sua lista de discussão para futuras atualizações.

 

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Clear Linux trabalha em uma nova loja de software

Linux desativa kernel 5.0 otimizado

Os insights sobre a segurança no Linux que podem te surpreender