in

Linux Kernel 4.17 não terá suporte para 8 arquiteturas antigas

Arnd Bergmann desenvolvedor do Linux Kernel LTS, já avisa que vai remover as 8 arquiteturas antigas do Linux Kernel 4.17.

linux-kernel-4-17-nao-tera-suporte-para-8-arquiteturas-antigas

O Linux Kernel 4.17 ainda não foi lançado, mas os planos estão em andamento, e parte deles é a remoção de 8 arquiteturas antigas como Blackfin, CRIS, FR-V, M32R, MN10300, META (Metag) e TILE. No entanto, a oitava arquitetura seria o Unicore32, no entanto o seu desenvolvedor esta tendo que provar que a arquitetura ainda é usada, não só por ele, mas por uma boa gama de usuários.

Tudo indica que estará na mira dos desenvolvedores do Linux Kernel 4.17, a remoção do OpenRISC e o Hexagon da  Qualcomm, mas a remoção não será agora, no entanto entrou em pauta e deve em um futuro não muito longe passar pela famosa limpeza de código do Linux Kernel.

E para quem pensa que é só clicar em um botão e pronto, ou editar o código e apagar errou. Arnd Bergmann é o responsável pela limpeza, os patchs foram enviados para que já sejam aplicados, e com isso a equipe responsável pelos drivers das arquiteturas agora consideradas obsoletas, devem remover todos os drivers antigos o que deve deixar o Linux Kernel ainda mais polido e sem tanto lixo armazenado.

Ao final do e-mail que Arnd enviou, ele conta que as 8 arquiteturas eram mantidas por uma empresa de SoC, havia todo um ecossistema de software que foi criado para usar essas arquiteturas personalizadas, mas que foi identificado que fazem anos que não as utilizam mais. Deixou claro que atualmente dentre as arquiteturas por assim chamadas de personalizadas, ainda estão em linha ARM, MIPS ou RISC-V.

Por hora, somente estas arquiteturas serão removidas, a gente esta acompanhando todo o tramite, qualquer alteração voltaremos a postar, mas se você quer visualizar os patchs enviados ou ver a discussão sobre o assunto, clique nos botões agora.

Patchs Discussão

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

UBports lança o Ubuntu Touch OTA-4 para telefones

UBports mantém o trabalho de atualizar a base do Ubuntu Touch

gnome-rejeita-definitivamente-o-synaptics

GNOME rejeita definitivamente o Synaptics