Lubuntu 18.10 deve suportar PCs de 32 bits

Bryan da Canonical iniciou uma discussão na lista do Ubuntu em torno de encerrar o suporte a arquitetura de 32 bits para o Lubuntu, Kubuntu e Xubuntu. Já tem algum tempo que boa parte das distribuições vem estudando encerrar o suporte ao 32 bits, a arquitetura vem sendo cada vez menos utilizada no mundo Ubuntu, e o conselho agora se estende a todas as variações, incluindo o Lubuntu, Kubuntu e Xubuntu.

A ideia é que o encerramento do suporte a 32 bits comece já no Ubuntu 18.10 que será lançado em outubro de 2018, na discussão é dito que o suporte será encerrado apenas para novas instalações, ou seja, as novas ISO’s que são geradas em outubro podem não ter suporte para 32 bits. O fato é que segundo os relatórios das variações do Ubuntu, com exceção do Ubuntu Kyllin que usa sua própria CDN, exibe que a procura maior é 64 bits, isso porque desde o Intel Core 2 Duo, que o suporte a 64 bits é possível, e observe que o processador já completou seus 12 anos de existência.

Muitos projetos e usuários tem se manifestado sobre essa ideia, afinal de contas, muito deles possuem computadores antigos que são doados para recondicionamento, e o encerramento ao suporte 32 bits pelas variações do Ubuntu podem dificultar um pouco o trabalho de levar as comunidade carentes o acesso ao computador.

No entanto vale lembrar que todos os usuários de versões LTS do Ubuntu e suas variações que estejam executando em sua máquina versões 32 bits não serão atingidos com a mudança, somente a partir do Ubuntu 18.10 que isso pode mudar, quem já instalou a versão 32 bits permanece recebendo o suporte até o final do ciclo de vida.

Se você quer acompanhar a discussão na lista do Ubuntu ou conferir o relatório exibido por eles, escolha um dos botões abaixo:

Proposta do fim do suporte ao 32 bits Relatório do torrent

Lançado Tails 3.7 com várias melhorias de segurança

Previous article

Desenvolvedores do GNOME redesenham a tela de bloqueio e o login

Next article

You may also like

More in Notícias