in

Mais de 10.000 pessoas usam o serviço de internet Starlink

A Starlink espera ver a velocidade dos dados variar de 50 Mb/s a 150 Mb/s.

Mais de 10.000 pessoas usam o serviço de internet Starlink
Imagem: SpaceX.

Starlink, o serviço de internet de banda larga baseado em satélite da SpaceX, agora tem mais de 10.000 usuários como parte de seu programa beta público. O programa ainda está nos estágios iniciais, mas de acordo com alguns usuários, ele teve um ótimo início com velocidades melhores do que o esperado.

A SpaceX revelou isso em uma petição recente à Comissão Federal de Comunicações (Estados Unidos). O Better Than Nothing Beta lançado em outubro passado selecionou residentes em partes dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. A Starlink espera ver a velocidade dos dados variar de 50 Mb/s a 150 Mb/s com latência entre 20 ms e 40 ms.

De acordo com alguns testes de velocidade, alguns usuários estavam obtendo resultados que superavam as expectativas: mais de 200 Mb/s. À medida que mais satélites são lançados no espaço e o software de rede é aprimorado, os clientes podem esperar velocidades ainda melhores.

Mais de 10.000 pessoas usam o serviço de internet Starlink
Starlink, o serviço de internet de banda larga baseado em satélite da SpaceX, agora tem mais de 10.000 usuários como parte de seu programa beta público.

O serviço de internet Starlink é vendido por $ 99 por mês, mais uma taxa única de $ 499 pelo kit de instalação. A FCC no final de 2018 concedeu à SpaceX permissão para implantar e operar uma constelação de órbita terrestre muito baixa, composta por milhares de pequenos satélites de transmissão.

A empresa começou a enviá-los para o espaço em meados de 2019 e planeja continuar a enviá-los nos próximos anos. A Starlink espera que a comissão conceda a petição até 7 de junho de 2021.

Tech Spot

como-instalar-o-electron-deezer-uma-plataforma-de-musica-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Como instalar o Electron-Deezer, uma plataforma de músicas, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Intel recupera participação de mercado de CPUs da AMD pela primeira vez em 3 anos

Intel recupera participação de mercado de CPUs da AMD pela primeira vez em 3 anos