Categorias

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

06/02/2021 às 09:30

4 min leitura

Avatar Autor
Por Leonardo Santana

Intel recupera participação de mercado de CPUs da AMD pela primeira vez em 3 anos

Pesquisadores descobrem falhas na Intel CPU Ring Interconnects

Há algum tempo, a AMD continua diminuindo o domínio da Intel no mercado de CPUs; mas, de acordo com um novo relatório, a tendência se inverteu no quarto trimestre, quando a Intel ganhou participação de mercado pela primeira vez em três anos.

Os resultados da Mercury Research para o quarto trimestre de 2020 mostram que a AMD perdeu parte de sua participação no mercado de x86, apesar de ter um bom ano no geral. Em desktops, a empresa caiu de 20,1% no trimestre anterior para 19,3%.

Intel recupera participação de mercado de CPUs da AMD

É improvável que a AMD esteja muito preocupada. Sua participação de CPU de desktop pode ter caído 0,8%, mas o resultado do quarto trimestre ainda foi um ponto percentual maior do que no mesmo período de 2019. Além disso, a receita aumentou 50%; a empresa registrou resultados financeiros recordes no ano passado.

Intel recupera participação de mercado de CPUs da AMD pela primeira vez em 3 anos
Há algum tempo, a AMD continua diminuindo o domínio da Intel no mercado de CPUs.

Como os relatórios anteriores mostraram, a indústria de PCs é uma das várias que foi impulsionada pela pandemia e o aumento resultante no número de pessoas que trabalham em casa: o mercado de CPU x86 cresceu 20,1%.

O declínio da AMD está sendo atribuído aos problemas de estoque enfrentados por seus processadores Ryzen 5000. Tal como acontece com muitos dos itens de alta tecnologia, a demanda superou em muito a oferta, deixando muitos consumidores desesperados com a única opção de pagar preços exorbitantes. Até mesmo alguns integrantes da linha Ryzen 3000 estão enfrentando problemas semelhantes.

Foi a mesma história no mercado de CPU de laptop. A participação da AMD caiu 1,2% para 19% no quarto trimestre do ano passado; mas ainda é 2,8% maior do que no quarto trimestre de 2019.

A sorte da Intel foi ajudada por seu fornecimento aprimorado de processadores projetados para dispositivos como Chromebooks. As remessas de CPU aumentaram 33% no quarto trimestre.

Tech Spot

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.