in

Microsoft adiciona suporte ARM64 ao WSL

Nova build de teste do Windows 10 20H1 é que adicionará o suporte.

Microsoft adiciona suporte ARM64 ao WSL

A atualização mais recente do Windows 10 20H1 da Microsoft para o Fast Ring Insiders, versão 18980, adiciona novos recursos do Windows Subsystem for Linux. Assim, a Microsoft adiciona suporte ARM64 ao WSL.

Microsoft adiciona suporte ARM64 ao WSL

Microsoft adiciona suporte ARM64 ao WSL

A mais nova build de teste do Windows 10 20H1 da Microsoft está adicionando suporte a ARM64 para a segunda geração do Windows Subsystem for Linux (WSL). A nova versão para os testadores Fast Ring Insider, lançada em neste 11 de setembro, também adiciona alguns outros recursos menores.

Outras novidades

Além de adicionar o suporte ARM64 ao WSL2, a Microsoft está incluindo a capacidade de definir o usuário padrão de uma distribuição Linux usando o arquivo /etc/wsl.conf como parte da compilação atual, nº 18980.

Nesta compilação, adicionamos o suporte WSL2 para dispositivos ARM64! Também adicionamos a capacidade de definir o usuário padrão da sua distribuição usando o arquivo /etc/wsl.conf. Esta versão também contém várias correções de bugs, incluindo um problema de longa data para links simbólicos herdados do Windows (por exemplo, aqueles no diretório de perfil do usuário), diz o anúncio.

A nova configuração de recursos opcionais também está disponível para todos os testadores Insider no Fast Ring a partir da nova versão 20H1.

Da mesma forma, há uma longa lista de correções e atualizações, além de problemas conhecidos. Isso pode ser facilmente encontrado na postagem do blog da Microsoft sobre a versão atual do Windows 10 20H1.

Espera-se que a Microsoft finalize o Windows 10 20H1 por volta de março de 2020. Além disso, como já falamos aqui, a data deve coincidir com a Microsoft Linux Conference, também programada para março do ano que vem.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Novas versões do VLC e WebKitGTK+ corrigem várias falhas no Ubuntu

Novas versões do VLC e WebKitGTK+ corrigem várias falhas no Ubuntu

Plasma 5.18 será uma versão LTS

Plasma 5.18 será uma versão LTS