in

Microsoft dá curso gratuito de Python

As aulas estão disponíveis no Youtube, totalmente de graça.

Microsoft dá curso gratuito de Python

A Microsoft lançou uma nova série de 44 capítulos chamada Python para Iniciantes no YouTube, que consiste em lições de três a quatro minutos de dois geeks auto-didatas da Microsoft que adoram programar e ensinar.

Microsoft dá curso gratuito de Python para iniciantes…ou quase isso

curso não é totalmente para iniciantes, pois presume que as pessoas fizeram um pouco de programação e possuem conhecimentos em JavaScript ou brincaram com a linguagem de programação visual Scratch, desenvolvida pelo MIT, voltada para crianças.

Porém, isso pode ajudar os iniciantes a ter ambições para criar aplicativos de aprendizado de máquina, aplicativos da Web ou automatizar processos em um desktop.

A Microsoft publicou uma página no GitHub contendo recursos adicionais, incluindo slides e exemplos de código para ajudar os alunos a se tornarem melhores no Python.

Sobre o curso gratuito de Python da Microsoft

Microsoft dá curso gratuito de Python

A série Python para iniciantes é apresentada por Christopher Harrison, gerente sênior de programas da Microsoft. A outra apresentadora é Susan Ibach, gerente de desenvolvimento de negócios da unidade AI Gaming da Microsoft.

Existem várias razões pelas quais a Microsoft querer que mais pessoas conheçam o Python. Primeiramente, é extremamente popular porque é fácil de aprender. Ele também possui muitas bibliotecas, permitindo que os desenvolvedores interajam com estruturas de aprendizado de máquina como o TensorFlow, desenvolvido pelo Google, e o Microsoft Cognitive Toolkit (CNTK).

Mais novidades

A Microsoft também está construindo um melhor suporte para Python em seu editor do Visual Studio Code (VS Code). O objetivo é que os desenvolvedores possam usar o VS Code em seu PC local. Assim, poderão editar o código armazenado em máquinas remotas, contêineres e o Windows Subsystem for Linux (WSL).

A extensão Python da Microsoft para o VS Code é a mais popular no mercado da empresa para desenvolvedores. O próprio VS Code também se tornou muito popular entre os desenvolvedores. E como parte de seu foco na IA, a empresa disponibilizou o VS Code como parte da popular distribuição Anaconda Python.

Porém, o principal benefício aparente é que a Microsoft pode expandir a população de desenvolvedores de Python usando o Azure para criar aplicativos de IA.

Já existe suporte para Python no Azure Machine Learning Studio. Além disso, em agosto, a empresa anunciou o suporte completo do Azure Machine Learning para PyTorch 1.2, uma estrutura de aprendizado de máquina para Python do grupo de pesquisa de IA do Facebook.

O novo curso apresenta vários tutoriais de ‘início rápido’, como um ensinando aos usuários como detectar rostos humanos em uma imagem usando a API do Azure Face e o Python.

Da mesma forma, outro tutorial ensina aos usuários como usar a API REST do Computer Vision. Então, ambos fazem parte dos Serviços Cognitivos da Microsoft.

Fonte: ZDNet

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Microsoft cria fonte para linha de comando

Microsoft cria fonte para linha de comando

AMD envia lote inicial de correções para o Linux 5.4

AMD envia lote inicial de correções para o Linux 5.4