in

Microsoft Edge esta prestes a ser o navegador mais usado no mundo! Será?

Site aponta os navegadores mais usados ao redor do mundo e o Microsoft Edge é quase o querido!

Navegador Edge para Linux estreia em outubro

Microsoft Edge é uma navegador, como o nome já diz, criado pela Microsoft mas com a base do Chromium, um navegador de código aberto. Este mesmo navegador é o que deu origem ao famoso e pesado Google Chrome.

No entanto, Microsoft Edge não é antigo, e já está ocupando espaço entre os usuários ao redor do mundo. O site Netmarketshare faz um rank destes navegadores, vamos apenas fazer uma comparação gráfica de 2018, 2019 e o parcial de 2020.

Em 2018 a popularidade entre os principais navegadores seguia o mesmo rank de sempre. Perceba que o Google Chrome sempre em primeiro lugar, seguido pelo Inter Explore e depois o Firefox.

 

Já em 2019 a popularidade dos gigantes, já muda, o Internet Explore, como já era esperado cai na posição, e o Firefox diante de suas mudanças e otimizações começa a subir no rank.

Em 2020, de modo parcial, confira a mudança nas posições:

E não parou por aí, a popularidade do Microsoft Edge deu um grande salto em março de 2020 e ao que tudo indica pode chegar ao mais querido dentre os usuários, veja:

No entanto, é claro que vai ser muito difícil o Microsoft Edge chegar aos números atuais de popularidade do Google Chrome. Vale lembrar, que estes dados não estão contemplando dispositivos móveis, os dados são apenas para o uso de navegadores no Desktop.

Apenas por curiosidade, perceba abaixo que no mundo mobile há duas divisões, uma para tablet e outra para dispositivos móveis, os smartphones independente do tamanho da tela.

No último mês de março, confira o cenário mobile. Note que o Chrome permanece no topo e o Safari, da Apple segue em segundo, esse pódio já se mantém a alguns anos.

Agora vamos dar uma olhada no mundo dos tablets, perceba que o mais querido foi o Safari da Apple, deixando para trás o Google Chrome.

E assim, analisando os gráficos anuais, percebemos que apenas no mobile é que os números estão estáveis. Já no Desktop e Tablet, houveram alterações sem motivo aparente, afinal de contas não houve nenhuma alteração significativa nos últimos 30 dias a ponto de força a troca de navegador.

No entanto, acredita-se que a leveza para abrir páginas, situação que já não existe mais no Google Chrome para Desktop e possivelmente para tablet, tem feito os usuários trocar de navegador. No gráfico anual para tablet identificamos que a tendência de alta começou em setembro de 2019, no Desktop em fevereiro de 2020 e o mobile permanece com uma estabilidade.

Por fim, o Microsoft Edge entra em tendência de alta em março de 2020, e pode ser que daqui em diante o navegador possa alcançar a tão sonhada popularidade, mas por enquanto, o primeiro lugar segue com o pesado Google Chrome, e deve demorar alguns bons anos para o Microsoft Edge ocupar o seu lugar, mas é possível, ao menos é o que os gráficos mostram.