in

Vale a pena ter um aparelho de IPTV ao invés de uma assinatura à cabo em 2020?

Serviço tem crescido, especialmente com a chegada de plataformas de streaming

vale-a-pena-ter-um-aparelho-de-iptv-ao-inves-de-uma-assinatura-a-cabo

A chegada da internet mudou como a forma como nos relacionamos em diversos ambientes. Conversar, se relacionar, comprar objetos, trabalhar. Tudo isso foi influenciado pela aparição de novas tecnologias. O ato de assistir televisão, claro, também foi influenciado.

A velocidade alterou o perfil dos consumidores, que exigem cada vez mais qualidade na hora de assistir um programa na televisão, assim como preferem uma variedade maior de conteúdo. Vale lembrar que diversas plataformas de streaming estão dividindo a audiência da TV, que já não é mais soberana nos lares.

Se analisarmos, boa parte das residências no Brasil possui internet com velocidade a partir de 5 Megas, e com isso, já é possível exibir filmes nestes serviços em HD ou Full HD e sem interferências. Alguns provedores de internet já possuem até servidores de cache para atender a nova demanda, que já é uma realidade no Brasil e no mundo.

Com isso, e não vai demorar muito, as grandes emissores que ainda estão agarradas as TVs por assinatura, devem aderir a esse novo movimento constante e com alta tendência de adesão. Inclusive, já percebemos no Brasil que muitos canais de TV já possuem seus próprios aplicativos de transmissão online.

No entanto, alguns canais de TV estão aderindo aos poucos, perceba que há vários canais gigantes de TV com transmissões oficiais pelo YouTube, e acreditamos que estão buscando sentir esse novo mercado.

Além disso, os consumidores passaram a optar cada vez mais por serviços interativos, onde eles pudessem interagir mais com a programação de seus canais, decidindo sobre o que querem assistir e também quando farão isso, por exemplo.

Todas essas condições impulsionaram o surgimento do IPTV, que funciona como junção de um serviço de televisão com a de internet banda larga. Ao invés de receber seu sinal de televisão pela antena ou pelo cabo da sua operadora de TV a cabo, você a recebe via internet.

Para utilizar tal serviço, você vai precisar de um conversor, que transformará o sinal recebido através da internet para que ele possa ser visualizado na tela. Segundo consta, o serviço de IPTV exige uma conexão com a internet de pelo menos 4 Megas, para que sua banda larga não seja comprometida.

Em fóruns de debate, é normal encontrar a pergunta que intitula este texto. IPTV ou TV à cabo? Muitas pessoas que vivem fora do Brasil, por exemplo, sentem falta de canais nacionais. Outras procuram jogos de futebol do exterior. Canais de filme também aparecem com frequência entre as dúvidas.

Outra questão são os preços: um MXQ Pro 4K, que possui ótima qualidade de imagem, pode ser encontrado por R$ 319,00. Mas os preços variam: Podem ir de R$ 119,00 a R$ 990,00. Ou seja: prepare o bolso.

Atualmente, várias empresas usam a tecnologia IPTV para transmitir programas, filmes e eventos esportivos de maneira legal a partir da cobrança de planos de assinatura. Esse mercado, aliás, tem crescido muito nos últimos anos a partir do crescimento de serviços como Netflix e Amazon Prime Video.

Mas, ainda assim, é preciso estar atento para possíveis ilegalidades. Muitos canais, especialmente de TV à cabo, possuem regras próprias para veiculação de suas programações. Ferir esses tratados pode incorrer em problemas judiciais. Fique atento!

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Microsoft atualiza o Edge com um novo jogo de surf que você pode jogar quando estiver offline

Microsoft Edge esta prestes a ser o navegador mais usado no mundo! Será?

cinco-aplicativos-para-acessar-canais-iptv

Cinco aplicativos para acessar canais IPTV