Notícias

15/11/2021 às 16:30

6 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Microsoft força estratégia para conseguir mais usuários do navegador Edge no Windows 11

A Microsoft deseja que os usuários do Windows 11 usem o Edge como navegador padrão e a empresa está ativamente tomando ainda mais medidas para tentar cumprir esse objetivo.

Microsoft força estratégia para conseguir mais usuários do navegador Edge no Windows 11

Com o objetivo de fazer crescer a participação no mercado do seu navegador Edge, a Microsoft está adotando novas estratégias para forçar usuários do Windows 11 a usarem o browser. Portanto, a Microsoft tem adicionado novas maneiras no Windows 11 para tentar fazer com que mais usuários usem seu navegador Edge. No início deste ano, ele mudou a forma como os usuários podem definir seus navegadores padrão, adicionando uma série de novas etapas que exigiam que eles mudassem uma série de configurações manualmente para sair do Edge. 


Na semana passada, a empresa deu mais um passo ao bloquear o protocolo específico do Edge que permitia aos usuários redirecionar programas para outros navegadores da web. 

Se você quiser uma explicação completa sobre o que mudou em relação ao protocolo Edge, recomendo este post do ghacks.net. Resumindo, a Microsoft bloqueou ferramentas como o Edge Deflector e o Search Deflector, que foram projetadas para tornar a seleção de um navegador diferente do Edge um processo mais direto.

Microsoft força estratégia para conseguir mais usuários do navegador Edge no Windows 11

Microsoft força estratégia para conseguir mais usuários do navegador Edge no Windows 11

A Microsoft não fez isso por acidente, e os responsáveis deixaram claro que não estão pensando em ceder. Nas notas de construção de teste do Windows 11 Dev Channel da semana passada, há uma linha que reconhece seu último movimento. Diz simplesmente: “Corrigimos um problema em que a funcionalidade do sistema operacional podia ser redirecionada indevidamente quando o microsoft-edge: links eram invocados.”

Solicitei uma declaração sobre se a empresa pretende tentar tornar a mudança para um navegador diferente do Edge o mais difícil possível com o Windows 11. Lembre-se; Eu sou apenas o mensageiro aqui. Um porta-voz enviou o seguinte:

O Windows habilita abertamente aplicativos e serviços em sua plataforma, incluindo vários navegadores da Web. Ao mesmo tempo, o Windows também oferece certas experiências de ponta a ponta para o cliente no Windows 10 e no Windows 11. A experiência de pesquisa na barra de tarefas é um exemplo de uma experiência ponta a ponta que não foi projetada para ser redirecionada. Quando tomamos conhecimento de um redirecionamento impróprio, emitimos uma correção.

Sendo assim, a Microsoft deseja aumentar não apenas sua participação no navegador, mas também sua participação no mercado do Bing e do MSN News (conhecido atualmente como “Microsoft Start”. Os navegadores são os aplicativos mais usados no Windows (e todos os outros sistemas operacionais). Fazer com que os usuários façam login ajuda a Microsoft a tentar empurrar o Bing, outros serviços da Microsoft, incluindo seu serviço de pesquisa universal da Microsoft e, em última análise, sua própria plataforma de anúncios.

Há muitas críticas sobre a maneira como a Microsoft está tentando dar ao Edge mais vantagem sobre a concorrência.  Muitos usuários recebem pedidos regularmente para que alterem o mecanismo de pesquisa padrão para o Bing dentro do Edge).

Via ZDNet

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.