in

Microsoft vai portar o OpenJDK para Windows 10 em dispositivos ARM

Java é importante para a Microsoft no desenvolvimento de muitos de seus próprios produtos e serviços, bem como para seus clientes. É por isso que está trazendo o OpenJDK para o Windows 10 no Arm.

A Microsoft acaba de concluir a primeira fase e vai portar o OpenJDK para Windows 10 em dispositivos ARM. O Java Engineering Group da Microsoft concluiu a primeira fase de portabilidade do OpenJDK for Windows 10 em dispositivos baseados em Arm. Embora esse processo ainda não esteja completo, ele pode ser usado por quem deseja começar a desenvolver em Java nos laptops Windows 10 ARM-64. É o caso de dispositivos como o Microsoft Surface Pro X.

A Microsoft comprou o jClarity no ano passado com o intenção declarada de usar sua tecnologia para otimizar o funcionamento do Java no Azure. O jClarity, com sede em Londres, promove seu suporte comercial aos binários AdoptOpenJDK como sendo “o substituto para o Java/JDK da Oracle”. A Microsoft é patrocinadora do projeto AdoptOpenJDK desde 2018.

Funcionários da Microsoft disseram que a compra do jClarity deu início à formação oficial do Java Engineering Group na divisão de desenvolvedores da Microsoft.

Essa nova alternativa do OpenJDK é baseada na ramificação de ponta do OpenJDK (16+), de acordo com a publicação da Microsoft. Ela pode executar a maioria das tarefas, incluindo o SPEC SERT depois que as contribuições da Microsoft para a nova combinação de plataforma são aceitas, bem como todos os pacotes Java do SPEC.

Microsoft vai portar o OpenJDK para Windows 10 em dispositivos ARM

Embora a otimização do Java para Azure continue sendo um dos nossos principais objetivos, é crucial compartilhar que estamos envolvidos em outras iniciativas para tornar a plataforma Java ainda melhor em áreas além da nuvem, disse Bruno Borges, gerente de programa principal da Java Engineering Grupo, na postagem do blog.

Microsoft vai portar o OpenJDK para Windows 10 em dispositivos ARM
Crédito: Microsoft

 

Ele incluiu o slide acima do evento Build 2020 da Microsoft, mostrando algumas das áreas em que a Microsoft está investindo em Java no LinkedIn, SQL Server, Yammer, Minecraft e Azure. O Azure oferece vários serviços dependentes de Java, incluindo o Azure HDInsight, Databricks, Synapse e o Azure Spring Cloud. A Microsoft também tem trabalhado com a Arm em servidores também através de seus esforços no Open Compute Project.

Além disso, a Microsoft também possui mais de 1.000 desenvolvedores que estão criando aplicativos nativos ou Xamarin para Android, e esses desenvolvedores ainda precisam de Java em seus ambientes de desenvolvimento e em seus pipelines de integração e entrega contínua.

ZDNet