in

Mozilla lança nova filtragem automatizada de criptografia no Firefox

Os usuários do Firefox poderão navegar em paz!

Não é novidade que alguns criminosos estão utilizando alguns navegadores para minerar criptomoedas, e isso tem passado despercebido por alguns usuários, especialmente aqueles que não possuem conhecimento sobre o assunto. Imagine, de repente o seu computador começa apresentar uma lentidão atípica, e você logo pensa de que precisa de mais memória ou de um upgrade no seu processador.

Na verdade é isso que os mineradores ilegais esperam de você, quanto mais recurso, mais capacidade de mineração. Mas, a partir de agora, o novo recurso do Mozilla Firefox já está sendo testado, e esta disponível nas versões Nightly e beta do navegador, em breve deve chegar nas versões estáveis.

A ideia é bloquear scripts de mineração no Firefox, especialmente o famoso CoinHive. Com tudo, não é só isso, o Firefox também vai bloquear os scripts de impressões digitais, onde dados sobre as configurações do computador podem ser coletados, mesmo com os cookies desativados.

Em colaboração com o Disconnect, compilamos listas de domínios que servem os scripts de impressão digital e de mineração de criptografia. Agora, nas versões mais recentes do Firefox Nightly e Beta, oferecemos aos usuários a opção de bloquear os dois tipos de scripts como parte do nosso conjunto de proteções Content Blocking. Diz o anúncio do Mozilla Firefox.

Hoje, há mais de 20 scripts de criptografia suportados pelo novo sistema de bloqueio do Firefox. Os scripts de mineração bloqueados notáveis ??incluem CoinHive, JSE e MineXMR. A Mozilla convida os usuários interessados ??em experimentar as novas proteções de criptografia para ativá-las por padrão. Ele observou que a funcionalidade está incluída no Firefox Nightly build 68 e no Firefox Beta build 67.

Para ativar o novo recurso, os usuários do Firefox podem seguir estas etapas:

 

  1. Clique no menu principal do Firefox
  2. Escolha “Preferências”
  3. Clique na guia “Privacidade e segurança”
  4. Em “Bloqueio de conteúdo”, clique em “Personalizado”
  5. Por fim, marque “Cryptominers” e “Fingerprinters”, bloqueando ambos

Uma vez ativado, o Firefox bloqueará quaisquer scripts que tenham sido identificados pela Disconnect que possam tentar executar mineração ou rastreamento de impressões digitais, disse Mozilla, acrescentando que as proteções serão ativadas por padrão em Nightly nas próximas semanas.

A Mozilla alerta que alguns sites podem estar inadvertidamente na lista negra, enquanto sua equipe de desenvolvimento continua a resolver o novo recurso de bloqueio. Nesses casos, os usuários são aconselhados a relatar esses problemas diretamente no navegador, clicando no escudo “Proteção de rastreamento”.

A Mozilla diz que pretende melhorar e expandir a lista de domínios bloqueados pelo Firefox nos próximos meses. Ela também prometeu que as proteções de criptografia e impressões digitais serão habilitadas por padrão para todos os usuários do Firefox em uma versão futura.

Vale notar que o navegador rival Opera liberou proteções contra criptografia no início de 2018. Em vez da Disconnect, ele usa a lista de blocos de anúncios NoCoin para impedir a execução de scripts de mineração de criptomoedas duvidosos.

Com informações da Mozilla e TNW

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Kodi 18.3 adiciona suporte a DTS-HD Audio Track ao seu Music Player

Kodi 18.3 adiciona suporte a DTS-HD Audio Track ao seu Music Player

Quais as distros mais leves do mundo Linux?

Quais as distros mais leves do mundo Linux?